Maioria dos lojistas querem investir em tecnologia este ano

Leia em 1min

Passados dois anos da pandemia, empresários veem necessidade de aprimorar ferramentas e mídias digitais 

 

Pesquisa realizada pela Adobe Experience Cloud em parceria com o E-Commerce Brasil mostra que 65% dos lojistas de e-commerce pretendem investir em tecnologias para suas lojas em 2022.

Além disso, 73% afirmaram que as ferramentas de marketing digital são prioridades para o negócio este ano.

 

34% dos lojistas acreditam que seja prioridade a plataforma de e-commerce. Na faixa das 30% duas respostas: serviços logísticos e sistemas de pagamento.

 

Na hora de escolher uma tecnologia para o e-commerce, a flexibilidade e a customização são os fatores mais importantes considerados por 43% dos lojistas.

 

26% priorizam o custo e 17% casos de sucesso, ou seja, os resultados alcançados pela tecnologia na empresa. Por fim, 13% levam em consideração principalmente o suporte durante o desenvolvimento do projeto.

 

Para 2022

 

Quando questionados sobre os principais desafios para o crescimento da empresa em 2022, 43% dos entrevistados afirmaram que é ter colaboradores especializados na gestão e desenvolvimento do e-commerce.

 

Para 34% o principal desafio é criar melhores experiências digitais para os consumidores. Na faixa dos 21% houve três respostas:

 

– Ampliar o investimento na loja eletrônica;

– Aumentar a relevância do canal eletrônico dentro da empresa;

– Implementar uma estratégia omnichannel.

 

Fonte: E-commerce Brasil


Veja também

Pequenos e médios negócios movimentam R2,3 bilhões no e-commerce em 2021

O e-commerce brasileiro fechou o ano de 2021 com resultados positivos, mesmo com a retomada do comércio fí...

Veja mais
Brasileiro vai manter o pagamento por aproximação no pós pandemia

Estudo do Instituto Locomotiva confirma que a tecnologia difundida com a pandemia, se perpetuará em todo o varejo...

Veja mais
O impacto dos supermercados inteligentes na vida dos clientes e lojistas

Como a tecnologia está mudando a forma de comprar onde as pessoas ocupadas da Geração Z não ...

Veja mais
Comércio eletrônico tem alta de 21% e fatura R$ 4,5 bilhões no Natal

As vendas do comércio eletrônico brasileiro no Natal somaram R$ 4,5 bilhões em 2...

Veja mais
Vendas on-line registram maior procura por alimentos no Natal

No geral, e-commerce computou um crescimento menor em relação a 2020 quando o comércio estava fecha...

Veja mais
Expansão inteligente: dados sobre consumo pautam aberturas de lojas

A Geofusion trabalha com uma ferramenta inédita: o Potencial de Consumo Personalizado que facilita a tomada de de...

Veja mais
Rede da Califórnia usa Inteligência Artificial para reduzir perdas em alimentos

Americana Save Mart desenvolve programa que usa tecnologia para otimizar oferta de perecíveis e reduzir perdas e ...

Veja mais
Consumidor prefere compras online com produtos identificados pelo código de barras

Pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil revela as mudanç...

Veja mais
E-commerce brasileiro tem alta de 21,92% em outubro

O e-commerce brasileiro novamente teve alta no faturamento. Ao comparar os meses de outubro (2021 ante 2020), cresceu 21...

Veja mais