Reckitt e WWF se unem com ações para sustentabilidade do planeta

Leia em 4min 40s

Multinacional vai doar R$ 74 mi para preservar habitats de água doce na Amazônia e na Índia

 

O Grupo Reckitt, multinacional de bens de consumo em higiene, saúde e nutrição, e o WWF (Fundo Mundial para a Natureza), rede global de organizações não governamentais, anunciam uma parceria para combater a degradação mundial da natureza.

 

O objetivo é combinar a atuação em conservação do WWF e o alcance do Grupo Reckitt para inspirar milhões de pessoas a agirem em prol da natureza tanto local como globalmente. Juntos, o grupo e a organização trabalharão para criar soluções mais sustentáveis, ajudar a proteger ecossistemas de água doce que estejam em vulnerabilidade e a restaurar biomas para ajudar a construir um mundo mais limpo e saudável.

 

A parceria chega em um momento crítico para a natureza. As atividades humanas que geraram mudanças climáticas impactaram significativamente a biodiversidade e o meio ambiente, resultando em um declínio de 84% no tamanho das populações de espécies de água doce (mamíferos, pássaros, anfíbios, répteis e peixes), o que equivale a uma queda de 4% ao ano desde 1970. E uma em cada cinco (22%) espécies de plantas do planeta estão ameaçadas de extinção – elas são a base estrutural e ecológica de praticamente todos os ecossistemas terrestres e desempenham um papel fundamental para a vida na Terra, sendo vitais para a saúde, a alimentação e o bem-estar da população humana, de acordo com o Relatório Planeta Vivo 2020 do WWF.

 

Para ajudar a combater essa crise ambiental, a parceria utilizará do alcance e conscientização do consumidor do Grupo Reckitt e do conhecimento da natureza que o WWF tem para acelerar as transformações necessárias. Para financiar o projeto, o Grupo Reckitt fará uma doação de £ 10 milhões (equivalente a R$ 74 milhões) ao WWF ao longo de três anos, com três objetivos principais:

 

• Impulsionar a inovação sustentável por meio de pesquisa e colaboração;

• Inspirar milhões de pessoas a lutar pela natureza, envolvendo clientes, parceiros, funcionários e as marcas do Grupo Reckitt;

• Preservar habitats de água doce em duas das bacias hidrográficas mais importantes do mundo, o Ganges, na Índia, e o Tapajós, na Amazônia.

 

A parceria também visa proteger as espécies de água doce e melhorar os meios de subsistência para as pessoas que vivem nos afluentes das duas bacias. Na bacia do Ganges, o WWF amplificará o trabalho existente para proteger os habitats dos botos, restaurar os fluxos ambientais, implementar soluções baseadas na natureza e facilitar a gestão urbana e industrial da água.

 

Na bacia do rio Tapajós, na Amazônia, o WWF-Brasil fortalecerá o projeto para combater o desmatamento e a degradação que afetam esse habitat vital. Um componente chave do projeto é apoiar as comunidades indígenas na defesa de seus territórios contra ações de desenvolvimento insustentável, ao mesmo tempo que populações de espécies ameaçadas como o boto serão protegidas. Juntos apoirão políticas locais mais fortes e promoverão meios de vida sustentáveis que permitirão que as pessoas e a natureza prosperem.

 

O Grupo Reckitt também usará suas marcas de higiene mundialmente reconhecidas para educar, informar e inspirar consumidores em todo o mundo sobre a necessidade de agir em prol da natureza. Um exemplo é a união de Bom Ar com o WWF, já em andamento nos EUA e na Austrália, que tem o propósito de restaurar os habitats de flores silvestres, e será lançada em outros mercados – inclusive no Brasil – ainda em 2021.

 

“Somos uma empresa guiada por propósito e temos a responsabilidade de agir em nome do planeta. Ao nos unirmos à uma organização global com objetivos convergentes, como o WWF, podemos contribuir com nossa visão de negócios, redes e percepção do consumidor para construir um mundo mais limpo e saudável. Juntos, trabalharemos para causar um impacto positivo e inspirar pessoas em todo o mundo a se engajarem na causa”, afirma Sandra Arango, Diretora de Marketing da Reckitt Hygiene Comercial no Brasil.

 

“No WWF, nossa missão é criar um mundo no qual as pessoas e a natureza possam prosperar juntas. Trabalhar com a indústria é importante para estabelecer as bases para um futuro mais sustentável. Por meio dessa parceria com o Grupo Reckitt, temos uma oportunidade real de conservar e restaurar habitats naturais críticos, bem como incentivar milhões de pessoas a tomar medidas para proteger a natureza. O WWF compartilhará sua experiência e conhecimento do mundo natural com o Grupo Reckitt, e, em conjunto, criará estratégias para reduzir o impacto ambiental em seus negócios. Nossa intenção é que esta parceria sirva como um exemplo positivo para a indústria, mostrando que é possível ser um líder comercial e, ao mesmo tempo, proteger ecossistemas vulneráveis ​​e a saúde geral do planeta”, afirma Tanya Steele, CEO do WWF Reino Unido.

 

“Esta parceria é mais um exemplo de que grandes multinacionais estão preocupadas e comprometidas com a preservação da Amazônia. Por meio da parceria com o Grupo Reckitt, o WWF-Brasil poderá aumentar o trabalho de preservação de áreas protegidas na Amazônia, com fluxos livres e qualidade da água preservadas ou restauradas em 600 km da bacia do Rio Tapajós. Entre as prioridades, apoiaremos comunidades locais que protagonizam ações de conservação da natureza e fortalecem, assim, seus modos de vida com oportunidades econômicas. A proteção mais efetiva da região beneficiará espécies ameaçadas, como o boto, contribuindo para a regeneração dos ecossistemas”, afirma Edegar de Oliveira Rosa, Diretor de Conservação e Restauração de Ecossistemas do WWF-Brasil .

 

Redação SuperHiper 


Veja também

Pandemia acelera consumo de embalagem preferida dos brasileiros

O uso individual do produto disparou no primeiro semestre segundo entidade do setor A latinha de alumínio &e...

Veja mais
Ser sustentável é imprescindível

Estudo da EY-Parthenon detalha como anda o cliente neste segundo ano de pandemia Resultado de um estudo que come&cc...

Veja mais
Tetra Pak ativa economia circular com baixo carbono

Em cinco anos, empresa dobrou taxa de reciclagem de suas embalagens no Brasil e deve zerar as emissões de g&aacut...

Veja mais
Fungo, a fibra que faltava

Produtos plant based ganham um novo capítulo com alimentos não processados e mais sustentáveis ...

Veja mais
Supermercados lideram uso de energia limpa no varejo brasileiro

Sete a cada dez instalações fotovoltaicas ocorrem no setor que desembolsa anualmente R$ 3 bi O volume...

Veja mais
ESG direciona empreitada de gigante na produção de ovos

Ovos à base de plantas é a nova aposta do Grupo Mantiqueira O Grupo Mantiqueira, de avicultura, &eacu...

Veja mais
Pelo bem do meio ambiente, supermercado adota nova solução de ecoponto

Bandeira da Companhia Sulamericana de Distribuição implementou coleta de esponja sintética Os ...

Veja mais
BRF e AES investem R$ 825 milhões em fonte limpa de energia

Joint-venture que une as duas empresas, reforça compromissos de sustentabilidade da BRF para os próximos 2...

Veja mais
PepsiCo anuncia rígido plano de gestão hídrica

Meta global ambiciosa visa fornecer água potável à cem milhões de pessoas até 2030 en...

Veja mais