Kimberly-Clark acelera projetos de sustentabilidade

Leia em 1min 50s

Recentes inovações visam reduzir o uso de plástico e ampliar a utilização de ingredientes naturais

 

 

Para cumprir as metas integradas ao seu plano global de sustentabilidade para 2030, a Kimberly-Clark anunciou mudanças nos produtos da marca Huggies. Ao longo dos próximos 10 anos, a companhia planeja reduzir pela metade sua pegada ambiental.

 

Uma das novidades é o lançamento da versão refil do sabonete líquido extra suave de 200ml. O novo formato tem uma redução de 75% de uso de plástico se comparado a embalagem tradicional. Também neste sentido, a marca passa a disponibilizar o produto em embalagens econômicas de 600 ml. A iniciativa está alinhada a meta global da Kimberly-Clark de reduzir o uso de plástico virgem à base de fósseis em 50% até 2030, fornecendo soluções que utilizam materiais mais renováveis e que possam promover soluções regeneráveis após o uso.

 

A companhia também tem modificado as fórmulas de alguns produtos da Linha Banho de Huggies com a intenção de torná-los ainda mais naturais e ambientalmente seguros. “Pensados para a pele sensível dos bebês, já temos produtos elaborados com extremo cuidado e que utilizam ingredientes de origem natural, dermatologicamente testados e livres de lágrimas. Somado a isso, há cerca de dois anos estamos em uma jornada para deixar nossos produtos ainda mais naturais, minimizando ao máximo a presença de ingredientes que possam causar danos ao meio ambiente”, explica Patricia Macedo, Diretora de Marketing.

 

Após retirar conservantes dos cremes preventivos de assaduras em 2019, a marca acelerou suas inovações em 2020. Uma delas foi a retirada do corante amarelo dos produtos da linha “Chá de Camomila”, uma vez que essas substâncias podem acabar poluindo mares e rios, gerando a mortalidade de peixes e outros organismos aquáticos. Os componentes químicos tóxicos presentes nos corantes também podem se infiltrar no solo e contaminar as reservas de água potável subterrâneas.

 

Outra mudança foi a adoção de base vegetal no sabonete em barra da marca Huggies. O produto passou a ser feito com um ácido graxo de origem vegetal e óleo de palma certificado. Isso faz com que os sabonetes sejam mais sustentáveis, não causando danos para a vida marinha.

 

Fonte: Redação SuperHiper


Veja também

Consumo encolhe e deve voltar aos níveis da recessão

Famílias perdem renda e têm que lidar com inflação em alta e medo do desemprego e da covid-19...

Veja mais
Cresce o apetite do Magalu pelo delivery de alimentos

Companhia amplia serviço de entrega com mais duas aquisições e se torna a quarta maior empresa dest...

Veja mais
Condor lança iniciativa para minimizar os impactos da pandemia

Corrente de Esperança visa arrecadar doações para a compra de alimentos, remédios e oxig&eci...

Veja mais
O bilionário Grupo Pereira e o seu audacioso plano para se tornar mais “Fort”

Grupo varejista com forte presença no Sul e no Centro-Oeste planeja investir R$ 500 milhões até o f...

Veja mais
E-commerce nacional ganhou 13 milhões de novos consumidores

Total de clientes soma 79,7 milhões, alta de 29% em relação ao ano anterior, de acordo com relat&oa...

Veja mais
Hortifruti Natural da Terra lança programa para empreendedores

Em parceria com Fábrica de Startups, projeto estimula criação de produtos para soluçõ...

Veja mais
Juros dos empréstimos recuam em fevereiro, diz Banco Central

Taxa média caiu 6 pontos percentuais em 12 meses e chegou a 28,1% A taxa média de juros cobrados de f...

Veja mais
Carrefour entra no segmento de lojas autônomas

Com a bandeira Express, as novas unidades apostam em pagamento via Scan & Go   Alinhado às sua...

Veja mais
Avança a transformação digital no varejo brasileiro

Solução em meios de pagamento e de análise de dados são as principais apostas das varejistas...

Veja mais