Sustentabilidade domina maior parte das indústrias de bebida alcóolica

Leia em 2min

Avanço é mais sensível no manejo de resíduos sólidos, diz KPMG e Abrabe

 

Cada vez mais constante no discurso das empresas, a discussão de práticas de sustentabilidade está ganhando força também na indústria de bebidas alcoólicas. Pela primeira vez, a Abrabe, associação que representa 34% do setor, publicou seu primeiro relatório de sustentabilidade, feito em parceria com a consultoria KPMG.

 

Segundo o levantamento, 57% das empresas de bebidas alcoólicas já apresentam iniciativas ou práticas relativas às políticas de meio ambiente e sustentabilidade e 69% trabalham com a redução de resíduos sólidos.

 

Para reduzir a produção de resíduos, 31% das empresas optam por embalagens de vidro retornáveis, de acordo com a pesquisa. A reutilização varia de 53% a 100%.

 

Atualmente, mais de 70% das embalagens de bebidas alcoólicas das associadas são de vidro. Por isso, dentro dessa frente, a associação criou, em 2019, o programa Glass is Good (vidro é bom, na Para reduzir a produção de resíduos, 31% das empresas optam por embalagens de vidro retornáveis, de acordo com a pesquisa. A reutilização varia de 53% a 100%.

 

Atualmente, mais de 70% das embalagens de bebidas alcoólicas das associadas são de vidro. Por isso, dentro dessa frente, a associação criou, em 2019, o programa Glass is Good (vidro é bom, na tradução literal do inglês), que ajuda na reciclagem do produto.

 

“A importância de fazer isso dentro da Abrabe é a de dividir, de aumentar as possibilidades entre as empresas”, diz a presidente executiva da Abrabe, Cristiane Foja.

 

Segundo ela, o trabalho junto com a associação permite que empresas mais adiantadas “inspirem” as que estão menos à frente. No caso do Glass is Good, o programa surgiu, há quase 10 anos, como ideia de um funcionário da Diageo, dona das marcas Smirnoff, Johnnie Walker, Baileys, Tanqueray e Ypioca.

 

De acordo com a associação, cerca de 40% do vidro produzido no Brasil é reciclado. Em 2020, 35 mil toneladas de vidro foram recicladas por meio do programa. Somadas a outros materiais, como alumínio e plástico, foram 77 mil toneladas de embalagens recicladas em 2020 pelos programas da associação, que reúnem 150 cooperativas parceiras. Além do Glass is Good, a Abrabe mantém o Ecogesto, para reciclagem de outros insumos.

 

Com as iniciativas, a associação calcula que a economia de energia chegou a 32 mil MWh e houve redução da emissão de carbono de 35 mil toneladas, desde 2010.

 

Fonte: Por Rachel Brandão, Valor


Veja também

Pelo 2º ano, B3 integra o GPA na carteira ISE de sustentabilidade

Companhia do setor de supermercados é a única a compor o índice; frigoríficos importantes fo...

Veja mais
PepsiCo traça nova meta para segurança alimentar mundial até 2030

Na América Latina, a Fundação PepsiCo investe mais de US$ 7,5 milhões em programas de acesso...

Veja mais
Unilever batalha contra a perda de alimentos

Projeto da companhia salvou cerca de 70 toneladas de alimentos em 5 meses de campanha O Brasil está entre os...

Veja mais
Brasileiro valoriza mais a sustentabilidade

Estudo da Kantar mostra que a pandemia fez a população latino-americana pensar e agir mais nesse sentido&n...

Veja mais
Pandemia torna a sustentabilidade mais importante para 62% dos latino-americanos

Levantamento da Kantar mostra que mais da metade da população alterou seu comportamento de compras No...

Veja mais
Minuto Pão de Açúcar amplia pontos de coleta de vidro em São Paulo

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) anuncia a expansão do projeto “Tem vidro usado p...

Veja mais
Líderes brasileiros mudam o pensamento sobre o ESG

Pesquisa da KPMG revela como estão as boas práticas diante os negócios Um estudo da KPMG apont...

Veja mais
Campanha do Grupo Pereira incentiva reciclagem de lixo eletrônico

Conheça a ação marcada para o próximo sábado e os incentivos desse importante projeto...

Veja mais
CNI: indústrias de pequeno porte vão investir mais em sustentabilidade

A maioria das indústrias de pequeno porte (55%) tem intenção de investir mais nos próximos d...

Veja mais