PepsiCo traça nova meta para segurança alimentar mundial até 2030

Leia em 5min 30s

Na América Latina, a Fundação PepsiCo investe mais de US$ 7,5 milhões em programas de acesso à agua e alimentos nutritivos

 

A PepsiCo acaba de anunciar uma nova meta para ajudar 50 milhões de pessoas ao redor do mundo a terem acesso imediato a alimentos nutritivos até 2030 (em comparação com 2020) por meio de seu programa de segurança alimentar “Food for Good”, além de expandir a oferta de seus produtos de nutrição acessível, de marcas como a QUAKER(R), como parte de sua jornada PepsiCo Positive (pep+).

 

Esta nova meta soma-se ao apoio recentemente anunciado pela PepsiCo ao “Zero Hunger Private Sector Pledge” (Compromisso do Setor Privado para zerar a fome), por meio do compromisso de investir US$ 100 milhões para iniciativas positivas de agricultura e de segurança alimentar até 2030, incluindo a capacitação de agricultores e ajuda no fortalecimento da produção agrícola com planos para aumentar a produtividade de safras e garantir um fornecimento de alimentos mais resiliente.

 

Para atingir esses objetivos, a PepsiCo está ampliando em todo o mundo o Food for Good, um programa de entrega de refeições fundado nos Estados Unidos. A empresa visa desenvolver e expandir o programa e sua abordagem centrada na comunidade para promover a segurança alimentar de longo prazo por meio da colaboração com parceiros locais em todo o mundo, investindo em soluções que aumentem o acesso equitativo a alimentos nutritivos e a produtividade e a renda dos pequenos produtores. Novos investimentos incluem:

 

• A expansão do “She Feeds the World”, uma parceria de US$ 18,2 com a CARE atualmente ativa no Peru, Egito e Uganda para garantir igualdade de gênero e empoderamento econômico para mulheres trabalhadoras na agricultura. Em 2022, a Fundação PepsiCo pretende investir e começar a implementar o programa na Colômbia como um programa de base do Food Innovation Hub e recursos adicionais para lançá-lo na Nigéria, Turquia, Tailândia e Vietnã.

 

• QUAKER(R) está fazendo parceria com as ONGs regionais CARE e Un Kilo de Ayuda para desenvolver intervenções para combater a desnutrição infantil, com programas como o QUAKER(R) Qrece, uma intervenção holística que oferece um produto alimentar especializado e educação em comunidades em risco na Guatemala e no México. A marca também está expandindo a gama de produtos nutritivos e acessíveis, incluindo a marca 3 Minutos que oferece no México.

 

• No Brasil, a PepsiCo anunciou, em 2021, o investimento de R$16,5 milhões em parcerias com cerca de 20 organizações não-governamentais para iniciativas de fomento à Prosperidade Econômica, Acesso à Água e Segurança Alimentar. Nesse último eixo, os investimentos irão para projetos como a Gastromotiva, que promove a inclusão social e a geração de renda por meio de cozinhas sociais em comunidades vulneráveis. O programa beneficiará mais de 5.600 pessoas com formação e bolsa-auxílio pelo trabalho realizado nas cozinhas, além de oferecer mais de 80 mil refeições nas cidades do Rio, São Paulo e Curitiba.

 

• Além disso, PepsiCo desenvolve o Nutrição pelo Futuro (Nutrition For The Future) iniciativa que realiza a complementação alimentar de crianças em situação de vulnerabilidade dentro das unidades escolares na região Nordeste e com foco no combate à desnutrição infantil. Com a pandemia, a ação foi revertida na distribuição de cestas básicas, com cerca de 3.900 cestas doadas pela PepsiCo. A ação teve continuidade em 2021 em parceria com a Fundação PepsiCo e o Global Foodbanking Network (GFN), com foco nos estados da Bahia, Pernambuco e Sergipe, atendendo 1.200 crianças com cestas básicas durante três meses, de maio a julho. A ação impactou diretamente cerca de 4.800 pessoas.

 

• A PepsiCo também se uniu com a Habitat para a Humanidade para a instalação de estações de lavagem de mãos, reconstrução de banheiros, caixas d’água e outras melhorias estruturais para higiene, que beneficiarão 1.500 pessoas por dia nas favelas de São Paulo. O alcance geral dos beneficiários após 6 meses será de mais de 270 mil pessoas.

 

“Na PepsiCo, acreditamos no crescimento e na prosperidade compartilhados, por isso, buscamos apoiar iniciativas que promovam acesso a recursos básicos como educação, água, saneamento e alimentação. Como uma empresa líder global em alimentos e bebidas, temos um papel fundamental a desempenhar na concretização de um sistema alimentar global mais equitativo e para combater a fome e a desnutrição nas comunidades onde estamos presentes”, afirma Alexandre Carreteiro, Presidente da PepsiCo Brasil Alimentos.

 

Esses compromissos globais chegam em um momento crítico. Atualmente, cerca de 800 milhões de pessoas em todo o mundo estão passando fome e estimativas recentes mostram que, embora a difusão da fome na América Latina e no Caribe ainda seja inferior a 7%, ela está aumentando lentamente.

 

Por meio do programa She Feeds the World, a CARE e a Fundação PepsiCo estão trabalhando juntas para aumentar as oportunidades para as mulheres produtoras de pequena escala em todo o mundo, disse Ada Zambrano, diretora regional da CARE para a América Latina e o Caribe.

 

Durante a pandemia, a PepsiCo forneceu mais de US$ 6,9 milhões em fundos e doações e mais de 12 milhões de refeições para os necessitados em toda a América Latina. Somente no Brasil, foram doadas mais de 430 toneladas de alimentos como iniciativa de suporte humanitário em virtude da pandemia da Covid-19. Há mais de uma década, a PepsiCo promove a segurança alimentar, resolvendo desafios ímpares enfrentados pelas comunidades locais. Ao reunir todos os seus programas regionais relacionados à nutrição no âmbito do Food for Good, a PepsiCo será capaz de aproveitar melhor suas capacidades globais e se esforçar para alcançar sua meta de possibilitar acesso fácil a alimentos nutritivos para mais de 50 milhões de pessoas até 2030.

 

Os programas adicionais do Food for Good incluem uma iniciativa de entrega de refeições que abrange toda a América Latina, Europa, África Subsaariana, Oriente Médio e Ásia-Pacífico, programas agrícolas positivos no sul do México e Turquia, bem como investimentos no aumento das capacidades de bancos de alimentos na Argentina e muitos outros países ao redor do mundo.

 

Ao longo do ano passado, a PepsiCo acelerou suas ações para ajudar a tornar o sistema alimentar mais sustentável, regenerativo e inclusivo. A PepsiCo lançou recentemente seu esforço mais ambicioso ao adotar uma nova abordagem ousada chamada pep+ (PepsiCo Positive) – uma transformação estratégica completa, tendo a sustentabilidade no centro de como a empresa gerará crescimento e valor operando dentro dos limites planetários e inspirando mudanças positivas para o planeta e as pessoas.

 

Para saber mais sobre a agenda pep +, visite o site.  

 

Fonte: SuperHiper 


Veja também

Unilever batalha contra a perda de alimentos

Projeto da companhia salvou cerca de 70 toneladas de alimentos em 5 meses de campanha O Brasil está entre os...

Veja mais
Brasileiro valoriza mais a sustentabilidade

Estudo da Kantar mostra que a pandemia fez a população latino-americana pensar e agir mais nesse sentido&n...

Veja mais
Pandemia torna a sustentabilidade mais importante para 62% dos latino-americanos

Levantamento da Kantar mostra que mais da metade da população alterou seu comportamento de compras No...

Veja mais
Minuto Pão de Açúcar amplia pontos de coleta de vidro em São Paulo

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) anuncia a expansão do projeto “Tem vidro usado p...

Veja mais
Líderes brasileiros mudam o pensamento sobre o ESG

Pesquisa da KPMG revela como estão as boas práticas diante os negócios Um estudo da KPMG apont...

Veja mais
Campanha do Grupo Pereira incentiva reciclagem de lixo eletrônico

Conheça a ação marcada para o próximo sábado e os incentivos desse importante projeto...

Veja mais
CNI: indústrias de pequeno porte vão investir mais em sustentabilidade

A maioria das indústrias de pequeno porte (55%) tem intenção de investir mais nos próximos d...

Veja mais
Bimbo Brasil adota aterro zero em duas fábricas

As plantas somam mais de mil toneladas de resíduos por mês e até o final de 2022, todas as unidades ...

Veja mais
J&J desenvolve absorvente sustentável com cobertura de bambu

Produto hipoalergênico e sem corantes chega aos supermercados, agredindo menos o planeta  Absorvent...

Veja mais