Coca-Cola prepara versão alcoólica da Topo Chico para América Latina e EUA

Leia em 1min 10s

A Coca-Cola redobra a aposta no mercado de bebidas alcoólicas com uma nova versão de sua popular marca de água mineral Topo Chico.

A gigante de refrigerantes, que aspira ser uma “empresa total de bebidas”, disse que oferecerá a “Topo Chico Hard Seltzer” em “cidades selecionadas” da América Latina ainda neste ano.

 

A Coca-Cola citou a popularidade da Topo Chico em coquetéis e bebidas mistas. A empresa também confirmou à Bloomberg News que planeja oferecer o produto nos EUA em 2021.

A marca mexicana, que agora tem “status cult” nos EUA, ajudou a Coca-Cola a capturar o mercado de bebidas gaseificadas e sem açúcar e em forte expansão, com seu próprio produto.

 

A versão hard seltzer será a primeira expansão da Coca-Cola no mercado de bebidas alcoólicas desde que começou a vender um produto alcoólico em lata no Japão em 2018.

 

A empresa com sede em Atlanta quer diversificar o portfólio de bebidas, pois consumidores evitam cada vez mais refrigerantes açucarados. O diretor-presidente da Coca-Cola, James Quincey, reconheceu que a empresa demorou a entrar na tendência da água gaseificada – a exemplo da LaCroix, da National Beverage, e Bubly, da PepsiCo.

 

A bebida hard seltzer também desfruta de uma onda de popularidade. Marcas como White Claw conquistam consumidores que desejam uma bebida com menos calorias e não muito doce.

 

Quando divulgou balanço na semana passada, a Boston Beer, fabricante da Samuel Adams, disse que sua Truly Hard Seltzer impulsionou as vendas. E a Molson Coors Beverage se prepara para lançar sua própria linha, a Coors Seltzer.


Fonte: Newtrade 


Veja também

Preço ou rótulo? Como o brasileiro está comprando vinho

O enófilo, escritor, consultor e palestrante Carlos Cabral, estuda o universo dos vinhos desde 1969, ou seja, h&a...

Veja mais
Ambev vê melhora em volume desde abril

A Ambev vê melhora nos volumes depois de atingir o fundo do poço em abril, disseram executivos da empresa o...

Veja mais
Mercado de lácteos segue aquecido mesmo com a pandemia

A indústria de laticínios parece não ter sentido o golpe do novo coronavírus. Apesar de algu...

Veja mais
Vinho

Os brasileiros passaram a consumir mais vinho neste período de isolamento social criado devido à pandemia ...

Veja mais
Leite: com oferta reduzida, preço deve subir pelo segundo mês consecutivo

Com a oferta de leite reduzida, o preço do litro pago ao produtor deve subir este mês. Segundo projeç...

Veja mais
Preço da cerveja acompanha inflação e tem alta de 0,44% em junho

O preço da cerveja em domicílio teve alta em junho, no terceiro mês completo em que se pôde pe...

Veja mais
Puxada por supermercado e web, venda de vinhos surpreende na pandemia

Concentrado em casa, o brasileiro mudou alguns hábitos de consumo, resultando em um crescimento sem precedentes d...

Veja mais
Indústria laticínia reajusta preço do leite em 18% devido à pandemia

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) impactou diversos setores da economia e na indústria latic&iacut...

Veja mais
PepsiCo surpreende em lucro ajustado e receita no 2° trimeste

A PepsiCo anunciou nesta segunda-feira, 13, que teve lucro líquido de US$ 1,65 bilhão no segundo trimestre...

Veja mais