Bimbo Brasil adota aterro zero em duas fábricas

Leia em 1min 40s

As plantas somam mais de mil toneladas de resíduos por mês e até o final de 2022, todas as unidades serão sustentáveis

 

A Bimbo Brasil, empresa líder em panificados, anuncia a finalização de seu programa Aterro Zero para as fábricas localizadas em Gravataí, no estado do Rio Grande do Sul e Raposo, no estado de São Paulo.

O projeto começou a ser implementado em 2020, sendo a melhor solução para a destinação sustentável dos resíduos sem impactar o meio ambiente, trazendo benefícios tanto para a fábrica como para seu entorno.

 

“Como empresa, grande parte do nosso objetivo é implementar e desenvolver soluções de resíduos mais sustentáveis, de forma a ter um impacto positivo no meio ambiente e na sociedade. Nessa lógica, acreditamos em buscar soluções para outros usos de resíduos, ao invés de simplesmente descartá-los em aterro. Por isso, estamos continuamente investindo em processos que possam tratar os resíduos de forma mais eficiente e sempre alinhado aos conceitos de logística reversa e economia circular”, afirma Mário Escotero, diretor de Gestão de Pessoas, Comunicação, Jurídico e Assuntos Corporativos da Bimbo Brasil.

 

A companhia enfrenta os principais desafios ambientais, que são proteger os recursos naturais, lidar com as mudanças climáticas e proteger a biodiversidade. Por isso, o projeto visa transformar 100% das fabricas da Bimbo Brasil em aterro zero, gerindo de maneira sustentável e propondo as melhores soluções inovadoras para a comunidade local, público interno e os consumidores.

 

As plantas Gravataí e Raposo, juntas somam mais de mil toneladas de resíduos por mês, no entanto, 100% deles estão sendo transformados e utilizados através da prática da economia circular, portanto, a companhia evita impactos ambientais, além de ajudar a gerar mais empregos e renda na comunidade onde opera.

 

Até o final de 2022, todas as fábricas da companhia no Brasil serão Aterro Zero. Esta é uma das iniciativas que faz parte do planejamento de sustentabilidade do Grupo e segue a filosofia de ser uma empresa sustentável, altamente produtiva e plenamente humana.

Redação SuperHiper


Veja também

J&J desenvolve absorvente sustentável com cobertura de bambu

Produto hipoalergênico e sem corantes chega aos supermercados, agredindo menos o planeta  Absorvent...

Veja mais
Sovena quer cortar parte do plástico na produção

Relatório de Sustentabilidade da companhia aponta metas rígidas de ESG a curto prazo O Grupo Sovena, ...

Veja mais
P&G lança projeto para ajudar varejistas em suas jornadas de ESG

Aceleradora vai potencializar o impacto na sociedade e meio ambiente em projetos parceiros A P&G, uma das maior...

Veja mais
Novo estudo de sustentabilidade da Kantar

 No Brasil, número dos que têm pouca preocupação com meio ambiente cresceu em dois anos,...

Veja mais
Ambev tem a missão de adequar suas embalagens ao ESG até 2025

Cumprir o desafio envolve muita inovação por parte da multinacional que segue à risca as metas sust...

Veja mais
Heineken vai acabar com garrafas pet acima de 1 litro para água e refrigerante

Desempenho do segmento de bebidas não alcóolicas pesou nessa decisão aliada a fundamentos socioambi...

Veja mais
Fórum de Bioinsumos e Agricultura Regenerativa reúne especialistas em ESG

 O World Food Day Americas discute sistemas agroalimentares mais eficientes, inclusivos, resilientes e sustent&aacu...

Veja mais
Rio recebe central de reciclagem de lixo eletrônico

Até o fim de novembro, serão dez capitais com tais pontos de descarte Rio de Janeiro recebe, nesta se...

Veja mais
ESG leva Nestlé a apoiar produtores de café e cacau

De olho na sustentabilidade, empresa também promoverá benefícios aos parceiros agricultores no Bras...

Veja mais