Barbosa Supermercados cresce 10% com vendas pelo e-commerce

Leia em 1min 40s

Com a mudança de comportamento no setor varejista forçada pela pandemia, o universo digital impulsionou as vendas online para os grandes líderes do mercado. O padrão, agora essencial, revelou o compromisso em investir números ousados nas plataformas de e-commerce.

 

A economia possui aspectos imprevisíveis e isso torna fundamental a eficiência e a rapidez na hora de buscar novos processos de implementação. A rede Barbosa Supermercados, que possui mais de 30 lojas na capital, Grande São Paulo e interior, investiu no segmento online ainda em 2016, muito antes de virar uma necessidade. A visão futurista proporcionou às lojas um salto maior a frente do comércio nos anos de 2020 e 2021, focando as aplicações em empresas de logística para otimizar o atendimento.

 

O resultado foi um crescimento de 10% nas compras realizadas pelo e-commerce no período de 1 de janeiro a 30 de junho de 2021. O que refletiu em 5% no aumento de faturamento de toda a rede.

 

“Os consumidores estão mais híbridos e mais atentos na hora de experimentar novos sistemas e plataformas, por isso é necessário ter muita paciência com os detalhes na hora de investir”, afirma Tatiane Oliveira, gerente de e-commerce. “A realidade é que o processo de compra online não irá substituir o físico, haja visto a quantidade das chamadas ‘lojas conceito’ que surgiram no último ano, mas os dois são complementares. A diferença é que o online traz facilidade e conforto na hora da compra”.

 

Além da loja virtual, a rede aprimorou o Barbosa Card com o aumento dos benefícios e abertura de diversas ações promocionais, além do espaço ‘Zap da Família’, que proporciona a lista de ofertas da semana pelo WhatsApp.

 

Assim como muitas das transformações no mercado essa tendência veio para ficar, mas não promete um crescimento acelerado para sempre. “A ruptura é algo que deve ser enfrentada como qualquer outro desafio do mundo digital. O segredo é sempre conciliar e atender as necessidades dos clientes online e dos físicos, mantendo o estoque de produtos e proporcionando uma entrega agilizada nos dois campos”, finaliza Tatiane Oliveira, gerente de e-commerce.

 

Fonte: Newtrade 


Veja também

Grupo Imec amplia atacarejo em Montenegro

Nova unidade conta com mais de 130 colaboradores no Sul do país A nova loja do Desco super&atacado de Mo...

Veja mais
Spani Atacadista abre loja de R$ 45 mi

Atacarejo fica às margens da rodovia Régis Bittencourt e deve beneficiar clientes de cidades próxim...

Veja mais
Grupo Enxuto chega a 20ª Enxuto Aqui com primeira loja em Valinhos

O Grupo Enxuto chega a sua 20ª loja da bandeira Enxuto Aqui. A nova unidade abre as portas no Condomínio Vis...

Veja mais
Albertsons lança canal de venda de mídia

Albertsons Media Collective veiculará campanhas de marcas da indústria nas propriedades digitais da vareji...

Veja mais
Assaí abre primeira loja na Capital Nacional do Petróleo

Grupo investiu 89 milhões de reais em loja sustentável onde trabalham cerca de 300 colaboradores O As...

Veja mais
Rede promove reabertura de loja conceito

Com propósito de melhorar a experiência do cliente, empreendimento amplia rastreabilidade de FLV Ap&oa...

Veja mais
Confiança Supermercados aposta em panetones de fabricação própria

 A rede aumentou sua produção em 10% para as festividades de fim de ano Nos últimos anos,...

Veja mais
Minuto Pão de Açúcar turbina logística reversa de vidro e pet

Parceria com Ambev e Green Mining já totaliza reciclagem de 35 ton de vidro pós-consumo em 20 meses D...

Veja mais
Crescimento de grupo mineiro vai ultrapassar dez inaugurações no ano

Abertura do nono atacarejo de 2021 será em polo de serviços e têxtil de MG O Mart Minas, o maio...

Veja mais