Mulheres contribuem para aumento do consumo de cerveja

Leia em 1min 30s

Dados da Kantar apontam maior alta no terceiro trimestre de 2021 desde o terceiro trimestre de 2019

 

Não é novidade dizer que a cerveja é preferência nacional. E esse favoritismo aumentou durante a pandemia de Covid-19. Tanto é que o terceiro trimestre de 2021 atingiu o maior número de consumidores da bebida desde o terceiro trimestre de 2019, com alta de 27%. Os dados são da mais recente edição do Consumer Insights, análise feita pela Kantar, líder em dados, insights e consultoria.

 

O estudo notou também que o perfil que mais contribuiu para o aumento de consumo foi o composto por mulheres de 40 a 49 anos e pertencentes às classes A e B. Por outro lado, os homens que fazem parte das mesmas faixas etárias e classes sociais foram responsáveis pela queda na frequência, da ordem de 42%.

 

É válido destacar que a alta de consumo é consequência direta da flexibilização das regras de distanciamento da Covid-19 e da reabertura gradual do comércio. E que a consumação ocorre, principalmente, em dois momentos: locais públicos e casas de amigos e familiares.

 

Em locais públicos, a penetração de mulheres passou de 14,5% para 21,2% – um crescimento de 6,7 pontos de penetração nos últimos 12 meses, terminados em setembro de 2021, contra o mesmo período do ano anterior. Nas casas de amigos e familiares, por sua vez, o consumo cresceu 4 pontos de penetração, atingindo 18,3%, segundo Hudson Romano, gerente sênior de consumo fora do lar da Kantar.

 

Ainda é importante ressaltar que a preferência por cerveja cresceu, principalmente, em momentos de happy hours e aos fins de semana. Neste contexto, o aumento foi de 10 pontos de penetração, chegando a 45%.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Kantar


Veja também

Consumo de iogurte anda melhor do que o esperado, revela Kantar

No ano passado, a indústria de lácteos freou o repasse de preços aos consumidores O consumo de...

Veja mais
Cliente quer linha de marca própria saudável e premium

Supermercados americanos investem em produtos exclusivos, sustentáveis e aprimorados   Os varejist...

Veja mais
Snacks crescem em participação e indústrias reforçam portfólios

Euromonitor estima que a categoria movimentou R$ 80 bilhões em 2021 O lanche entre as refeiçõe...

Veja mais
Indústria e varejo vivenciam os desafios do mercado plant based

Público flexitariano praticamente dobrou e negócios devem movimentar U$ 370 bi na economia global at&eacut...

Veja mais
Conheça as 10 tendências para o varejo em 2022

KPMG levanta a nova realidade do consumo e suas transformações neste pós-pandemia  Consid...

Veja mais
Maior fábrica de queijos do Brasil será aberta em 2024

Expectativa é que até o final de 2025, a indústria sustentável esteja em completa opera&cced...

Veja mais
Mercado de chocolate, um ponto fora da curva em 2021

Produção disparou nos 3 trimestres deste ano em comparação ao ano passado A indú...

Veja mais
Sem churrasco, Natal deve ter frango e carne de porco à mesa

ABPA revela que venda de kits natalinos poderão crescer em comparação ao ano passado  A t...

Veja mais
59% dos consumidores desejam voltar às lojas físicas

Pesquisa também revela o nível de insatisfação dos consumidores com as rupturas nos pontos d...

Veja mais