Venda de vinhos bate mais um recorde

Leia em 1min 40s

Vinícolas brasileiras comemoram o salto expressivo nas comercializações dos rótulos nacionais

 

Entre janeiro e junho deste ano, a venda de vinhos finos brasileiros praticamente alcançou o volume registrado em todo 2019. Se comparado ao mesmo semestre de 2020, o crescimento foi de 41,15%, passando de 10,8 mi de litros para 15,2 mi de litros.

 

Os espumantes também estão em alta, com destaque para o tipo brut com 3,7 mi de litros, o correspondente a 52,03% de incremento se comparado ao mesmo período do ano passado. Os moscatéis tiveram alta de 43,30% chegando a um volume de 2,4 mi de litros. Já o suco de uva, que vinha amargando queda, retoma as vendas com um discreto crescimento de 3,56% com 77,7 mi de litros.

 

Os dados oficiais são da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), com base no Sistema de Cadastro Vinícola da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul.

 

É fato que nunca antes na história da vitivinicultura brasileira se vendeu tanto vinho e espumante para o mercado interno, o que anima o setor que, encontrou na pandemia do Coronavírus, uma grande oportunidade de ser conhecido, degustado e aprovado pelos próprios brasileiros.

 

O presidente da Uvibra, Deunir Argenta, comemora o momento, apostando num futuro ainda mais promissor. “Estamos colhendo o que plantamos há muitas safras. Não é por acaso que o vinho brasileiro vive este reconhecimento pelos próprios brasileiros. Muito investimento foi feito, o que proporcionou uma grande transformação nos últimos 10 anos”, destaca. “Aprendemos, depois de muita tentativa e erro, além de estudos, que tudo começa no vinhedo e é a partir dele que o nosso vinho vem conquistando cada vez mais consumidores”.

 

O vinho brasileiro conquistou a confiança dos canais de venda e dos consumidores. A ampliação dos pontos de comercialização, a melhor distribuição, o preço justo, a diversidade e a qualidade dos vinhos, espumantes e do suco de uva nacional contribuíram para o momento vivido que, segundo a entidade, não apenas deve se manter como evoluir, assim como os melhores vinhos.


Redação SuperHiper 


Veja também

Pepsi vende marcas de sucos

Procura por bebidas saudáveis e sem açúcar, tem levado a companhia a realizar uma grande revis&atil...

Veja mais
Wine quer acelerar a venda de vinho nos supermercados

Experiência no mundo digital com 250 mil assinantes faz a empresa dar um novo passo no varejo brasileiro Depo...

Veja mais
Venda de cervejas premium surpreende mercado

A pandemia trouxe mudanças no market share e acirrou a concorrência entre as cervejas mais caras Os se...

Veja mais
Ambev se surpreende com vendas na pandemia

Marcas premium puxaram os volumes e a receita total cresceu 36% no segundo trimestre Apesar das temperaturas mais b...

Veja mais
Coca-Cola amplia ações na pandemia com apoio à vacinação e combate à fome

Recursos destinados a ações humanitárias no Brasil chegam a R$ 55 milhões de reais e benefic...

Veja mais
Líder no mercado de sucos impulsiona negócios sustentáveis

Natural One incentiva empreendedorismo sustentável e financiará o primeiro passo de três projetos se...

Veja mais
Brasil bate recorde de vendas de vinho na pandemia

Aumento no consumo foi de 30% em relação a 2019, com quase 3 garrafas por pessoa, sendo que metade be...

Veja mais
Danone aprimora plataforma para lojista elevar vendas de bebidas vegetais

Frente às mudanças nos hábitos de consumo, a companhia quer promover as novas tendências &ldq...

Veja mais
Cervejaria Império melhora posicionamento no PDV com app de serviços

Ferramenta com foco no trade varejista oferece promotores especializados contratados por hora para desenvolver estrat&ea...

Veja mais