Danone aprimora plataforma para lojista elevar vendas de bebidas vegetais

Leia em 1min 40s

Frente às mudanças nos hábitos de consumo, a companhia quer promover as novas tendências “saudáveis” da mesa do brasileiro, incluindo os lácteos 

 

A plataforma de conteúdo da Danone mescla inteligência de dados e a expertise dos seus técnicos para ajudar o supermercadista a vender mais no pdv, principalmente as bebidas vegetais e o segmento de lácteos. As ferramentas são gratuitas para o mercado – GC Danone -, e foram lançadas no começo deste ano.

 

O portal traz dicas de comunicação e exposição de bebidas vegetais. Com uma oferta muito variada, esse segmento tem caminhado a passos largos nos últimos anos e deve continuar crescendo nos próximos. Segundo estimativas da Euromonitor International, o crescimento do setor no Brasil foi de 860% entre 2014 e 2019, com projeção de crescer mais 150% até 2024.

 

Assim, a companhia espera preparar os lojistas para essa nova tendência, com o objetivo de que eles entendam esse novo mercado com profundidade e consigam comunicar e expor os produtos de maneira clara e didática para o consumidor final. “A preocupação com a origem dos alimentos se tornou ainda mais importante com a COVID-19, período em que a preocupação com a saúde e bem-estar estava no radar dos consumidores. Queremos fornecer conteúdo relevante para os nossos parceiros varejistas para que eles possam atender melhor esse novo perfil de consumidor”, explica Marina Fernie, VP de Marketing na Danone.

 

Fora do Brasil, negócios de bebidas vegetais representam grande parte do faturamento da Danone. Com toda essa expertise global, a empresa expõe ao mercado brasileiro informações sobre vantagens, benefícios e funcionalidades das bebidas vegetais, possibilidades de consumo, exposição correta dos produtos, além de espaços extras e cross merchandising. A média no crescimento das vendas de bebidas vegetais nas lojas, desde que implementaram as recomendações do GC da Danone, é de 15%.

 

De acordo com dados de mercado compilados pelo GC Danone, os produtos de origem vegetal também chamam atenção dos consumidores que buscam novas alternativas e se preocupam com um estilo de vida saudável, mesmo que tenham de pagar a mais por isso. O bem-estar animal e a sustentabilidade também destacam a categoria.

 

Portal GC: www.gc.danone.com.br

 

Redação SuperHiper 


Veja também

Cervejaria Império melhora posicionamento no PDV com app de serviços

Ferramenta com foco no trade varejista oferece promotores especializados contratados por hora para desenvolver estrat&ea...

Veja mais
Ambev prioriza startups com foco em sustentabilidade

Terceira ediçao da Aceleradora 100+ busca aumentar o uso racional da água ao longo de sua cadeia de produ&...

Veja mais
Ruptura afeta vendas de bebida à base de soja, leite e cachaça

Falta de produtos permaneceu em alta em maio e há 3 meses, o índice do destilado não para de subir,...

Veja mais
Coca-Cola HBC fecha acordo para adquirir fatia de 30% na italiana Caffè Vergnano

A produtora de bebidas Coca-Cola HBC assinou um acordo para aquisição de uma fatia de 30% na Casa Del Caff...

Veja mais
Pepsi e Guaraná Antarctica apoiam pequeno varejo

Cresça Seu Negócio traz ferramentas digitais e treinamento para ajudar bares, restaurantes e pequenas lanc...

Veja mais
Consumo aquecido em dezembro melhora preço do leite e variação registra 3,7%

Considerando a oferta e demanda de lácteos no período da safra para a bovinocultura de leite em Mato Gross...

Veja mais
Venda de vinhos tem alta de 31% em 2020, impulsionada pela quarentena

Na contramão de setores que sofreram com a pandemia do coronavírus, o mercado de vinhos teve alta de 31% e...

Veja mais
Brasil se torna o principal consumidor dos vinhos chilenos

O Brasil se tornou o maior mercado consumidor de vinho chileno no mundo com um total de US$ 148 milhões de vinhos...

Veja mais
Refrigerante? Não. A tendência agora são os chás e sucos

A pandemia consolidou uma tendência que veio para ficar: a saudabilidade. Melhor informado e atento ao que leva &a...

Veja mais