Delivery próprio e apps disputam atenção no e-commerce

Leia em 1min

Supermercados dos EUA investem em estruturas próprias para aumentar margens e controlar o relacionamento com o cliente; delivery deverá responder pela maior parte das vendas online de alimentos até 2025

 

O delivery de alimentos no e-commerce americano deverá alcançar US$ 79,71 bilhões neste ano, um crescimento de 11,4%, de acordo com a eMarketer. Dessa forma, apesar de uma desaceleração em relação aos 41,7% de alta no ano passado, o delivery caminha para responder pela maior parte das vendas online de alimentos até 2025.

 

Para os supermercadistas americanos, isso representa um desafio adicional: é preciso repensar a logística para aumentar a possibilidade de entregas no mesmo dia, seja a partir das lojas físicas (ship from store) ou de uma estrutura de distribuição dedicada. O problema é que nem toda empresa tem capacidade de investir pesado em soluções próprias, o que abre oportunidades para aplicativos e serviços de entregas como o Instacart (ou Rappi e iFood no Brasil).

 

Embora terceirizar a logística represente perda de rentabilidade e, principalmente, do relacionamento com o cliente (que fica com o aplicativo), esse também é um modelo em forte expansão: 215% de crescimento em 2020, segundo a eMarketer, representando quase 39% das entregas do e-commerce de alimentos nos EUA.


Redação SuperHiper 


Veja também

Dez milhões de clientes 60 + fizeram a 1ª compra online na pandemia

Estudo da SBVC revela também que 59% dos clientes da terceira idade preferem o aplicativo quando utilizam o celul...

Veja mais
Comércio eletrônico brasileiro segue aquecido no segundo semestre

Vendas do e-commerce nacional continuam em alta, mesmo com a reabertura das lojas físicas O faturamento do e...

Veja mais
Compras online de petfood disparam na pandemia

Pesquisa Kantar constata que os gastos por esse canal bem são superiores ao físico. Conheça os dado...

Veja mais
Consumidor 5.0 busca “tecnologia e praticidade” no varejo alimentar

Diretora do Hiperideal Supermercado, Amanda Vasconcelos, privilegiou o atendimento ao cliente como diferencial da rede&n...

Veja mais
76% dos brasileiros passaram a fazer compras de supermercado on-line na pandemia

Pesquisa da Bain & Company mostra que entre os consumidores que não possuíam o hábito de compra...

Veja mais
Supermercados crescem 900% em vendas online

Os supermercados viveram uma das maiores digitalizações da pandemia, buscando alternativas para chegar &ag...

Veja mais
Vendas no e-commerce crescem15,76% nos sete primeiros meses do ano

O e-commerce brasileiro continua em ritmo acelerado. Nos primeiros sete meses deste ano, houve alta de 24,35% no faturam...

Veja mais
Economia digital segue acelerada

Estados do Nordeste lideram os negócios com comércio eletrônico no país O e-commerce bra...

Veja mais
Intenção de compra na Black Friday cresce 29%

Nem mesmo a crise econômica deve afastar os brasileiros das compras nesta Black Friday. Pelo contrário. O n...

Veja mais