Varejistas e consumidores aprovam programas de recompensa

Leia em 2min

 

Por Adriana Silvestrini, do Rio de Janeiro

 

  

Roberto Chade da Dotz

 

O desafio de ser empreendedor no Brasil foi a primeira fala de Roberto Chade, CEO da Dotz, que palestrou durante a Convenção Abras 2019.

 

Ele conta que a Dotz nasceu do seu desejo de ser empreendedor na garagem na casa dos pais dele. Há 20 anos, a empresa surgiu com o único objetivo de entender o comportamento de compras do consumidor. “A gente já sabia que entender o comportamento do shopper era o nome do jogo. E uma forma de conhecer o consumidor seria criando um programa de recompensa”, conta.

 

A empresa foi fundada em 2000 e centrou no varejo físico em 2009. Atualmente, a Dotz faz parcerias com 30 supermercados no Brasil. Chade conta que quando começou seu negócio de programa de pontos, o consumidor brasileiro frequentava uma média de seis ou sete pontos de venda diferentes para realizar a compra de supermercado. “No ano passado, novos estudos apontam que, hoje, ele vai de 11 a 12 lugares. Então, a concorrência aumentou demais e as opções dos consumidores idem”, afirma o executivo.

 

Diante da plateia, Chade indagou os varejistas como fazer com que o consumidor frequente cada vez mais a sua loja e não a do vizinho. Ele mesmo responde que isso envolve uma série de fatores e a Dotz pode ser uma das ferramentas nesse processo de captura e fidelização do consumidor. O executivo informa que, atualmente, há 40 milhões de clientes que possuem os programas da Dotz no Brasil, gerando mais de R$ 670 milhões de compras identificadas no varejo. “Por dia, são aproximadamente 500 mil usuários fazendo compras nos supermercados parceiros da Dotz e alimentando nosso processo de inteligência, o qual retornaremos com dados para os varejistas”, afirma Chade.

 

Chade relembra que a Dotz acaba de comprar seu único concorrente, a Netpoints, e aproveita para lançar a nova solução da empresa chamada de 24x7 (24 horas, 7 dias da semana). A solução tem por objetivo entender porque o melhor cliente deixou de comprar naquela loja e, imediatamente, ir atrás dele para criar uma ação para ele voltar ao mesmo ponto de venda. São quatro soluções: aquisição de clientes, blindagem dos melhores clientes, aumento de gasto e reativação. Em abril, a 24x7 já estará disponível aos varejistas. 

 

Redação Portal ABRAS

 

 

 


Veja também

Convenção ABRAS: Rogério Marinho fala da relevância da Reforma Previdenciária

O Secretário Especial da Previdência Social, Rogério Marinho, participou hoje da Convenç&atil...

Veja mais
Flexibilidade frente às mudanças é chave para crescer e não perecer

 Por Giseli Cabrini, do Rio de Janeiro    O acirramento da concorrência entre canais varejista...

Veja mais
Histórias de homens de sucesso no varejo brasileiro

Por Adriana Silvestrini, do Rio de Janeiro  Todo negócio também é feito e aprimorado com a aju...

Veja mais
Governança corporativa: uma jornada rumo à perenidade do seu negócio

Por Giseli Cabrini, do Rio de Janeiro  Entender o que é governança corporativa e saber quais sã...

Veja mais
Jovens empreendedores contam suas histórias inspiradoras durante a Convenção Abras

Por Wagner Hilário, do Rio de Janeiro   “Jovens bem-sucedidos: ideias que se transformaram em gra...

Veja mais
Transformação Digital é o maior desafio para os supermercadista

Apesar de reconhecerem a importância dos investimentos em transformação digital para o desenvolvimen...

Veja mais
Consinco chega à ABRAS com solução de gestão do estoque para prevenção de perdas

A Consinco, maior desenvolvedora de sistemas de gestão para o varejo e autosserviço alimentar do Brasil, a...

Veja mais
Painel da Convenção ABRAS traz debate sobre papel da mulher no varejo

A liderança feminina no varejo foi tema de painel intermediado pelo presidente da Univeler, Júlio Campos, ...

Veja mais
Sistemas de refrigeração movidos à competitividade e sustentabilidade

Por Giseli Cabrini, do Rio de Janeiro  Joana Canozzi da Chemours Sistemas de refrigeração consti...

Veja mais