Prefeito do Rio prevê desobrigar uso de máscaras em duas semanas

Leia em 1min 20s

Data está na ata do Comitê Científico da Prefeitura

 

O uso de máscaras em ambientes ao ar livre, sem aglomeração, poderá ser desobrigado na cidade do Rio de Janeiro já no próximo dia 15. A previsão foi divulgada nesta segunda-feira (4) pelo prefeito Eduardo Paes. Ele se pronunciou pelo Twitter, citando ata do Comitê Científico da Prefeitura, do dia 9 de agosto, mas só divulgada hoje.

 

No documento, a segunda etapa de redução das medidas restritivas prevê que, com 65% da população com esquema vacinal completo, haverá desobrigação no uso de máscaras em locais abertos sem aglomeração, mantendo sua utilização obrigatória onde não se consiga manter o distanciamento.

 

Ainda na segunda etapa, está prevista a permissão para realização de eventos em locais abertos, com restrição até mil pessoas, com uso de máscara obrigatório. Também haverá abertura de boates, danceterias, casas de show e festas, em locais fechados, somente para pessoas com esquema vacinal completo, com 50% da capacidade do ambiente.

 

Na terceira etapa, prevista pelo prefeito para ocorrer em 15 de novembro, quando haveria 75% da população com esquema vacinal completo, haverá manutenção de máscaras somente em ambientes hospitalares e transporte público, com livre circulação, sem restrições de capacidade e distanciamento.

 

“Acreditamos que vamos atingir a segunda etapa em 15/10 e a terceira etapa em 15/11”, escreveu Paes, acrescentando que  “o Comitê Científico é composto por dois ex-ministros da Saúde, por um ex-secretário nacional de vigilância em saúde, além de representantes da UFRJ, UERJ, UNIRIO e Fiocruz! Eles é que dão o comando aqui, em conjunto com o secretário @danielsoranz”.

 

Edição: Fernando Fraga

 

Por Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

 

Fonte: Agência Brasil – 04/10/2021


Veja também

Dez cidades vão receber ecopontos para coleta de lixo eletroeletrônico até novembro

A meta é que 400 cidades brasileiras tenham sistema implementado até 2025 Sabe a geladeira velha que ...

Veja mais
Comissão aprova prazo para a troca de itens comprados pela internet

Texto foi aprovado com emenda que prevê a devolução do dinheiro, na falta do produto em estoque ...

Veja mais
Pacheco prorroga vigência de quatro MPs, incluindo a do Auxílio Brasil

 O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, prorrogou por 60 dias a vigência de quatro medidas provisóri...

Veja mais
Senado e Câmara lançam portal que permite consultar leis e suas alterações ao longo do tempo

O Senado e a Câmara lançaram nesta segunda-feira (4) o portal normas.leg.br, onde é possí...

Veja mais
Mapa submete à consulta pública proposta de regulamento para carne moída

 PORTARIA SDA Nº 405, DE 27 DE SETEMBRO DE 2021 Submete à Consulta Pública, a proposta de R...

Veja mais
PSDB questiona alterações no CPC que priorizam citação por meio eletrônico

 Para a sigla, as mudanças violam o devido processo legal e abrem margem para crimes eletrônicos. ...

Veja mais
Ministro nega autorização para advogado não vacinado contra Covid-19 entrar no TJSP

 O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Og Fernandes indeferiu habeas corpus por meio do qual um a...

Veja mais
Empresa não precisa pagar salários de funcionária que teve auxílio-doença negado

Por não constatar irregularidades na conduta do empregador, a 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 1...

Veja mais
DECISÃO: TRF1 decide que não há má-fé na aquisição de imóvel em cuja matrícula não consta averbação de penhora para garantir dívida

 Acompanhando o voto do relator, desembargador federal Souza Prudente, a 5ª Turma do Tribunal Regional Federal...

Veja mais