Unilever combate a fome e reduz o desperdício de alimentos

Leia em 2min 40s

Criada há dois meses, campanha “Unidos pela Comida” salvou mais de 32 toneladas de produtos

 

O Brasil está entre os 10 países que mais desperdiçam comida no mundo. De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, cerca de 30% da produção de alimentos no país é desperdiçada. Apenas em 2019, 931 milhões de toneladas de alimentos foram descartadas. E o fato de o desperdício ocorrer ao longo de toda a cadeia – produção, transporte, manufatura, food service e consumidor final – dá a dimensão do desafio por trás dessa questão.

 

Não à toa, a Unilever incluiu o tema do desperdício alimentar em seu plano de sustentabilidade. No documento, a companhia chama a atenção para o fato de 1/3 dos alimentos produzidos no mundo ir para o lixo – o que significa desperdiçar recursos como água e solo – e se compromete a reduzir à metade o desperdício de alimentos em toda operação, das fábricas aos pontos de venda, até 2025. Mas a companhia quer ir além das suas fronteiras e vem utilizando a escala de suas marcas para reduzir o desperdício e levar alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Hellmann’s acredita que comida é muito boa para ser desperdiçada e vai liderar essa agenda por meio do projeto “Unidos pela Comida”, oferecendo o conforto que uma refeição deliciosa pode proporcionar a todos que precisam.

 

A iniciativa viabiliza que diversas marcas doem alimentos próximos ao vencimento que seriam descartados para que a INFINEAT, responsável pela logística do projeto, faça o transporte desses alimentos. Os produtos são levados para a Sefras, organização humanitária engajada no combate à fome, que é responsável por transformar esses alimentos em refeições deliciosas capazes de não só alimentar, mas acolher e reduzir o desperdício e em distribuí-las para pessoas em situação de vulnerabilidade.

 

O projeto iniciou no Dia das Mães, dia 09 de maio, e teve como objetivo salvar – durante aquele mês – 4 toneladas de alimentos do desperdício, contribuir com 12 mil refeições e juntar 10 parceiros. O resultado foi além das expectativas, e foi possível salvar 7,9 toneladas de alimentos, contribuindo, assim, com 13.600 refeições. Além disso, até o final de julho, a iniciativa permitiu que 32 toneladas de alimentos que seriam desperdiçadas contribuíssem com 59.091 refeições. Os resultados positivos do projeto abriram portas para novos planos, ainda maiores, com a ambição de expandir o modelo para outras regiões do país e chegar a um total de um milhão de refeições doadas, o que equivale a 500 toneladas de alimentos que não serão jogados fora, até maio de 2022.

 

Para viabilizar o projeto, a Unilever Brasil contou com diversos parceiros como participantes do projeto INFINEAT, que surgiu justamente para coletar alimentos que seriam descartados e os levar para quem precisa; e da organização humanitária Sefras, que atuam no combate à fome.

 

Outras marcas da própria companhia também participam – como Arisco, Knorr, Cremogema e The Vegetarian Butcher -, assim como de outras empresas – como Bauducco, Bonduelle, Coop e Renata.

Para a próxima fase, além da prospecção de cozinhas e de novas empresas que queiram contribuir doando alimentos, outras marcas da Unilever darão ainda mais força ao projeto. São elas: Maizena e Mãe Terra.


Redação SuperHiper


Veja também

Chocolates Nestlé têm novo líder no Brasil

Executivo que presidiu a companhia no Caribe foi o escolhido para substituir Liberato Milo   O maior neg&...

Veja mais
Macarrão instantâneo será o destaque do setor de massas em 2021

Confira os motivos da aceleração nas vendas As vendas do segmento de massas alimentícias devem...

Veja mais
Venda de produtos de higiene cresce 13% durante a pandemia na América Latina

Levantamento da Kantar analisou as mudanças de hábitos. São Paulo, 10 de agosto de 2021 - A pa...

Veja mais
IBGE prevê safra recorde de 256,1 milhões de toneladas em 2021

Até o fim deste ano, a safra brasileira de grãos, cereais e leguminosas deve totalizar 256,1 milhõe...

Veja mais
Pesquisa com consumidor é determinante para lançamentos em higiene oral

Líder de mercado ouviu clientes durante a pandemia e criou portfólio com 30 produtos específicos&nb...

Veja mais
Maioria dos brasileiros comprou mais snacks na pandemia

Estudo da Mondelēz também revela como está participação do e-commerce nas vendas desta cate...

Veja mais
Ruptura nos supermercados segue em alta em junho

Conheça as categorias mais afetadas no monitoramento da Neogrid Na análise, aplicada entre a base de ...

Veja mais
Indústria de alimentos mantém lenta trajetória de retomada

Pesquisa mensal da Abia aponta vendas reais com alta de 0,5% entre janeiro e maio no mercado interno Nos cinco prim...

Veja mais
Projeto da Nestlé acolhe colaboradores afetados pela pandemia

Iniciativa da multinacional visa dar suporte psicológico para ajudar funcionários a lidar com o luto em fu...

Veja mais