Vendas na semana de Páscoa crescem 1,9%, diz Serasa Experian

Leia em 1min 30s

O Indicador da Serasa Experian de Atividade do Comércio - Páscoa mostra que as vendas nacionais no varejo físico cresceu 1,9% durante a semana santa, de 29 de março a 4 de abril.

A ligeira alta acontece em relação ao índice negativo registrado ano passado (6 a 12 de abril de 2020), que chegou a 23,8%, o pior resultado de toda a série histórica, iniciada em 2007.

 

As celebrações da semana santa e do domingo de Páscoa ocorreram pelo segundo ano consecutivo com medidas de restrição em todo país para evitar mais contaminações pelo novo coronavírus.

De acordo com índice, no fim de semana de Páscoa, levando em conta apenas os dias de 2 a 4 de abril de 2021, houve queda de 9,5%, com relação ao período de 10 a 12 de abril de 2020.

 

Para o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, o agravamento da pandemia e as medidas de distanciamento social em muitas cidades impactaram o índice. "As pessoas precisaram se adequar para fazer as compras, uma vez que os comércios que ainda seguem abertos funcionaram em horários reduzidos. Isso fez com que os consumidores se programassem melhor durante a semana e não realizassem compras de última hora, o que acabou se refletindo nos dados das vendas", disse.

 

Diferente de outros anos, em que os estoques de ovos de chocolate eram vendidos majoritariamente nos últimos três dias anteriores ao domingo de Páscoa, desta vez a maioria dos produtos típicos foi comercializada com maior antecedência.

 

Segundo o presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, os estabelecimentos de Porto Alegre contabilizaram queda de até 5% nesta Páscoa. Produtos mais baratos e com menor valor foram as principais alternativas da população como aponta Cesa Longo. "Em lugar do ovo de chocolate grande, o consumidor adquiriu três ou quatro caixas de bombons ou pequenos ovos, presenteando pessoas importantes do seu convívio", disse.


Fonte: Agência Brasil

 


Veja também

Inflação para famílias com renda baixa tem nova alta

 A taxa é maior que as apuradas em fevereiro deste ano e em março do ano passado   O &...

Veja mais
Atacado distribuidor registra crescimento em fevereiro

 Mesmo em momento econômico delicado, setor que trabalha com itens essenciais mantém resultados positi...

Veja mais
Código de barras completa cinco décadas de vida

 Hoje, o código de barras é lido mais de seis bilhões de vezes todos os dias e está pre...

Veja mais
Vigor lança iogurte Búlgaro e inaugura nova categoria

 A novidade faz parte da linha Vigor Viv, recém-lançada pela empresa, que recebeu investimento de mai...

Veja mais
Mercado Livre também está lucrando com vendas de alimentos e bebidas

No período de um ano, companhia registrou 700% de crescimento na venda de alimentos e bebidas na plataforma ...

Veja mais
Varejistas estão entre as campeãs em coleta de lâmpadas

Dentre as dez redes que mais coletam este material para reciclagem, sete bandeiras são do varejo alimentar &...

Veja mais
Grupo Muffato ativa nova ação de fidelização

Pautada no princípio de reciprocidade, iniciativa visa contemplar todos os consumidores que participarem da campa...

Veja mais
Produção industrial cai 0,7% em fevereiro, revela pesquisa do IBGE

Indústrias de bens de capital e de bens de consumo puxaram o resultado negativo  A indústria bra...

Veja mais
Consumo encolhe e deve voltar aos níveis da recessão

Famílias perdem renda e têm que lidar com inflação em alta e medo do desemprego e da covid-19...

Veja mais