Desemprego é o principal fator de inadimplência

Leia em 1min 30s

Maioria dos consumidores com contas atrasadas está desempregada e com dívidas em atraso há mais de três meses, aponta pesquisa da Boa Vista. Número de inadimplentes há mais de 90 dias aumentou

 

 

 

Pesquisa da empresa Boa Vista revela que grande parte dos consumidores em inadimplência, ou seja, com dívidas atrasadas, está desempregada e possui três ou mais contas em atraso e já se encontra com restrições em seus nomes há mais de 90 dias. A empresa ouviu cerca de 1.400 consumidores (inadimplentes ou não) durante o último semestre de 2020 e questionou os consumidores que se declaram inadimplentes sobre os motivos que os levaram ao atraso dos pagamentos.

 

O desemprego foi a explicação mais citada, por 35% dos entrevistados. Em seguida, para 23%, vem a diminuição da renda e, em terceiro lugar, para 16%, o descontrole financeiro. Dos inadimplentes, aponta a pesquisa, 63% possuem três ou mais contas em atraso, enquanto 37% têm duas ou menos. Apesar de alto, o número de consumidores com três ou mais contas em atraso caiu em relação aos dois semestres anteriores, quando representava 65% do total.

 

Por outro lado, o número de consumidores inadimplentes há mais de 90 dias aumentou em relação ao semestre anterior, além do fato desses serem a grande maioria, indicando que o consumidor demora a conseguir limpar o nome: 89% estão na situação há mais de três meses, número que era de 85% no primeiro semestre de 2020 e de 88% no segundo semestre de 2019.

 

Para a maioria dos consumidores inadimplentes (26%), as contas cujo não pagamento resultou em restrição ao CPF foram as chamadas contas diversas, que englobam gastos com educação, saúde, impostos e taxas e lazer. Em segundo lugar, vêm os empréstimos pessoais, com 15%, e em terceiro, os gastos com alimentação, para 14%.

 

Fonte: Redação SuperHiper


Veja também

Pandemia amplia o peso do ESG nas decisões de compra

Pesquisa da KPMG revela que as boas práticas relacionadas à governança ambiental, social e corporat...

Veja mais
O movimento de consumo consciente do Pão de Açúcar

Com o apoio do Instituto Akatu, rede é pioneira ao lançar a campanha “Cada Dia Conta”, que tem...

Veja mais
Danone ajuda varejos a aprimorar sua gestão

Empresa apresenta plataforma de inteligência de dados gratuita, com informações, pesquisas, ten...

Veja mais
E-commerce brasileiro em plena expansão

Crescimento exponencial do setor foi acelerado pelo distanciamento social em 2020 e pela contínua necessidade do ...

Veja mais
Carrefour Brasil cresce dois dígitos em 2020

Valor movimentado pela companhia totalizou R$ 74,8 bilhões. Com este resultado, a operação do Carre...

Veja mais
Rede Savegnago é a preferida dos consumidores

Companhia lidera a lista de “valor percebido”, de acordo com pesquisa da CVA Soluctions, que avaliou quesito...

Veja mais
E-commerce nacional deve crescer 18% em 2021

Empresa de inteligência de mercado focada em comércio eletrônico aponta que, no ano passado, as venda...

Veja mais
GreenYellow lucra alto com energia solar

 No ano passado, a multinacional francesa especializada em eficiência energética registrou crescimento...

Veja mais
Primeiro iogurte em embalagem de papel

Lançamento da Vigor utiliza material biodegradável, de fonte renovável, e possui maior nível...

Veja mais