Nova lei de rotulagem aprovada pela Anvisa impactará o mercado de alimentos e bebidas

Leia em 1min 10s

 

As marcas brasileiras precisam se preparar para a implantação da nova norma de rotulagem nutricional de alimentos e bebidas embalados, que foi aprovada em outubro passado pela Anvisa e deve entrar em vigor em 24 meses. Estudo realizado pela Kantar, líder global em dados, insights e consultoria, indica que a saudabilidade tem conquistado cada vez mais relevância.

 

75% dos consumidores nacionais já buscam produtos com menor teor de gordura, 70% com menos açúcar e 69% sem aditivos, como corantes e conservantes. Além disso, quando se deparam com um produto dito “natural”, 59% deles alegam esperar que seja livre de conservantes.

 

Quanto à análise das informações nos rótulos, mesmo que ocasionalmente, 33% das pessoas afirmam ficar de olho na quantidade de vitaminas, 33% na de açúcar, 32% gordura, 32% calorias e valor nutricional e 30% teor de sódio. 

A maior inovação da regra será a colocação de símbolos informativos na parte frontal superior da embalagem, facilmente captados à primeira vista, que devem indicar o teor de três nutrientes: açúcares adicionados, gorduras saturadas e sódio.

 

A Tabela de Informação Nutricional também passará por alterações significativas, a começar pela adoção de fundo branco e letras pretas, para impedir que contrastes interfiram na legibilidade. Além disso, será obrigatório identificar açúcares totais e adicionais, valores energético e nutricional e número de porções por embalagem. A tabela deverá ficar perto da lista de ingredientes e em superfície contínua, sem áreas encobertas ou locais de difícil visualização. 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Kantar

 


Veja também

Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de 2020 alcançou R$ 871,3 bilhões, torna...

Veja mais
Nestlé lança mercado online em parceria com a Packk

Com o foco em ajudar os pequenos comerciantes de todo o país a montarem um e-commerce sem custo de entrada e mens...

Veja mais
IBGE: safra de 2021 deve superar recorde de 2020

A safra nacional de grãos deve atingir mais um recorde, o terceiro consecutivo, neste ano, com 260,5 milhõ...

Veja mais
Cresce a venda de produtos de oral care no Brasil

Diante de um consumo indulgente no 2º trimestre de 2020 devido à pandemia e também da queda na ida ao...

Veja mais
Mercado de ovos continua em trajetória de baixa no decorrer da semana

As disponibilidades de mercadoria acima das necessidades do mercado na base de produção continuam impondo ...

Veja mais
Mais de 90% dos brasileiros compraram chocolate em 2020

Entre janeiro e setembro de 2020, a taxa de penetração da categoria de chocolates nos lares brasileiros fo...

Veja mais
Nova onda do atacarejo afeta supermercados

O setor de supermercados e hipermercados perdeu fôlego em novembro de 2020, segundo dados de consultorias e vareji...

Veja mais
Produção de ovos de galinha bate recorde no 3º trimestre, diz IBGE

A produção de ovos de galinha chegou a 1,01 bilhão de dúzias no 3º trimestre deste ano,...

Veja mais
Conab: Brasil produzirá 265,9 milhões de toneladas de grãos

A produção de grãos no Brasil deverá ser recorde, apesar de menor do que a estimada em novem...

Veja mais