Ambev traz nova marca de cerveja regional

Leia em 1min 40s

A primeira cerveja produzida com ingredientes 100% catarinenses já está no mercado. Trata-se de uma parceria entre a Ambev e a cervejaria Lohn Bier. A nova cerveja, a “Toda Nossa”, é feita com lúpulo e cevada maltada de produção local, o que de quebra incentiva a produção agrícola no Estado.

 

O Projeto Fazenda Santa Catarina é encabeçado pela Ambev junto aos produtores rurais locais, em parcerias com órgãos públicos de Santa Catarina, como EPAGRI e Udesc, que dão apoio técnico e de pesquisa para fomento de insumos cervejeiros.

A intenção é ampliar em 20 mil hectares a área cultivada em todo o estado na safra 2020/2021.

A Ambev possui um viveiro de lúpulo em Lages, na serra catarinense, com capacidade de produção de 60 mil mudas por ano, que são doadas a agricultores familiares da região.

 

A maior cervejaria do Brasil também pretende incentivar também o cultivo de cevada em Santa Catarina. Hoje, a empresa fornece a semente e possui contratos de venda garantida para o produtor, porém a área plantada ainda é menor do que o necessário para abastecer a fábrica.

 

A intenção é criar um campo experimental para a produção do cereal, da mesma forma que foi feita com o lúpulo. Atualmente, a área cultivada de cevada, grão utilizado na fabricação de cervejas, em Santa Catarina é de 492 hectares, concentrados na região de Campos Novos e Joaçaba.

 

Segundo o consultor de projetos especiais da Ambev, Felipe Sommer, a companhia absorveria a produção equivalente a 20 mil hectares de cevada plantados no Estado.

Na visão de analistas de mercado, o lançamento da cerveja feita com 100% de ingredientes locais é mais um tiro certo estratégico, conforme relatório obtido pelo Agro Times.

 

“Embora esperemos que esta nova marca tenha apenas uma contribuição marginal para os volumes totais, acreditamos que este anúncio está em linha com a estratégia de inovação da Ambev “, comentam os analistas Leandro Fontanesi, do Bradesco BBI, e Ricardo França, da Ágora Investimentos.

 

Nos últimos anos, a Ambev lançou várias marcas regionais utilizando produtos locais, o que em alguns casos permite à Ambev obter benefícios fiscais, relembra a dupla de especialistas.

 

Fonte: Newtrade 


Veja também

Cerveja Therezópolis é comprada por Coca-Cola FEMSA e Andina

Negócio faz parte da estratégia da Coca-Cola para completar o portfólio no Brasil. Anúncio a...

Veja mais
Ambev lança divisão para diversificar atuação em alcoólicos

A Future Beverages chega ao mercado com um portfólio de oito marcas, entre elas, a Hard Seltzer com água g...

Veja mais
Pepsi vende marcas de sucos

Procura por bebidas saudáveis e sem açúcar, tem levado a companhia a realizar uma grande revis&atil...

Veja mais
Venda de vinhos bate mais um recorde

Vinícolas brasileiras comemoram o salto expressivo nas comercializações dos rótulos nacionai...

Veja mais
Wine quer acelerar a venda de vinho nos supermercados

Experiência no mundo digital com 250 mil assinantes faz a empresa dar um novo passo no varejo brasileiro Depo...

Veja mais
Venda de cervejas premium surpreende mercado

A pandemia trouxe mudanças no market share e acirrou a concorrência entre as cervejas mais caras Os se...

Veja mais
Ambev se surpreende com vendas na pandemia

Marcas premium puxaram os volumes e a receita total cresceu 36% no segundo trimestre Apesar das temperaturas mais b...

Veja mais
Coca-Cola amplia ações na pandemia com apoio à vacinação e combate à fome

Recursos destinados a ações humanitárias no Brasil chegam a R$ 55 milhões de reais e benefic...

Veja mais
Líder no mercado de sucos impulsiona negócios sustentáveis

Natural One incentiva empreendedorismo sustentável e financiará o primeiro passo de três projetos se...

Veja mais