Entidade

Palavra do Presidente

Abastecimento seguro e solidariedade

 

Aprendi com meu pai que para obter sucesso em qualquer ramo é preciso atender bem o cliente e saber se adaptar aos acontecimentos. Foi observando os hábitos de consumo da vizinhança que ele conseguiu transformar uma pequena mercearia em Campinas, aberta nos anos 1960, na sala de nossa casa, em uma moderna rede de supermercados. O sucesso, dizia ele, era garantir o abastecimento com produtos de qualidade permanentemente. O que é essencial para as famílias não pode faltar nunca, ele repetia como um mantra.

Passados mais de 50 anos, me vejo agora à frente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), lutando justamente para que nada falte às famílias brasileiras durante a pandemia do coronavírus, um dos momentos mais críticos da história da humanidade. Mais do que nunca, essa sintonia com a população ultrapassa a barreira das relações comerciais e torna-se necessária a criação de novos laços solidários envolvendo toda a cadeia produtiva.

E o setor tem enfrentado esse desafio gigante de forma bastante competente. Nosso esforço foi no sentido de manter toda a rede supermercadista do País aberta, preservando a segurança da saúde dos fornecedores, funcionários e clientes, como em países da Europa e Estados Unidos, onde os estabelecimentos continuaram funcionando mesmo onde foi implantado o lockdown. Assim que os primeiros casos foram registrados no Brasil, rapidamente novos protocolos foram estabelecidos, como a limpeza redobrada das lojas, a obrigatoriedade da medição de temperatura e o uso de máscara e álcool em gel.

Mas apenas isso não bastava. Para combater a fome das famílias atingidas pela crise econômica que se agravou durante a pandemia sentimos que era preciso ir além das ações dentro dos estabelecimentos. É nesse contexto que lançamos no dia 21 de abril a campanha Doação Superessencial, que arrecadará recursos que serão destinados à distribuição de cartões no valor de R$ 100 para a população vulnerável fazer compras em todos os supermercados do País.

A iniciativa da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) envolverá suas 27 afiliadas, com ação inicial organizada pela Associação Paulista de Supermercados (Apas). Nossa expectativa é que a ação ganhe a adesão de diversos setores, como o já anunciado apoio da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia). A campanha também é apoiada por duas agências da Organização das Nações Unidas, o Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (WFP) e o Pacto Global da ONU, ambos reconhecidos internacionalmente.

A distribuição dos cartões se dará de duas formas. Pode ser feita pela própria empresa que fez a doação e quer ajudar alguma comunidade específica, seguindo os critérios de elegibilidade dos programas sociais de estados e municípios. Ou, caso a empresa não queira se responsabilizar pela distribuição, os cartões são entregues pela Apas e ABRAS para programas sociais de governos de estado e prefeituras, que encaminharão a doação aos mais vulneráveis das comunidades carentes mapeadas por seus programas sociais.

Além de estimular a solidariedade em tempos de pandemia com foco no combate à fome, a doação através de cartões de compras traz uma grande vantagem. Cada família pode escolher como vai gastar os 100 reais, adquirindo nos supermercados os alimentos e itens de primeira necessidade de sua preferência. Essa liberdade de escolha para quem vive em situação de vulnerabilidade representa dignidade e resgate de cidadania. Exatamente o que nós, supermercadistas, queremos para todos os brasileiros. Veja mais detalhes da nossa campanha no site da ABRAS e nas redes sociais da entidade. Interessados em doar podem acessar o www.doacaosuperessencial.com.br ou ligar para 0800 444 44 44.

 

João Galassi

Presidente da ABRAS  

Atualizado em maio de 2021