Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 







Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Tecnologia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Tecnologia

01/12/2020 16:04 - Pesquisa: consumidor prefere comprar online e pagar via aplicativos bancários

Os pagamentos por aplicativos bancários vêm ganhando cada vez mais espaço e importância na vida financeira dos consumidores, e as pessoas estão cada vez mais comentando sobre as suas facilidades. As compras online já são a preferência e o caminho para o universo digital é uma tendência definitiva, inclusive depois da pandemia.

Uma pesquisa realizada pelo Twitter no Brasil, aponta como os consumidores estão dando preferência para esse tipo de tecnologia para fazerem seus pagamentos: de acordo com o levantamento*, 27% dos entrevistados mencionam preferência pelos aplicativos bancários – para atividades como transferências, pagamento de contas, entre outros. Na sequência, aparecem cartão de crédito (23%), dinheiro (16%), cartão de débito (14%), boletos (9%) e carteiras digitais – PicPay, PayPal, PagSeguro etc. (7%). Ainda segundo as pessoas que responderam à pesquisa, os motivos de suas escolhas são:

52% – Agilidade no pagamento / tempo que demora para ser compensado

43% – Praticidade

36% – Hábito

25% – Segurança

22% – Organização financeira

20% – Isenção de tarifas / descontos

12% – Parcelamento de compra

6% – Pontos / milhas / benefícios

Para se ter uma ideia, quase metade dos comentários referente a meios de pagamento fazem relação com meios digitais – 49%. Esta forma ultrapassou até mesmo meios mais bem estabelecidos como cartões de débito e crédito (44%). Apenas 4% falam em boletos e 3% em dinheiro vivo.

Este assunto ganhou ainda mais repercussão por conta da pandemia de Covid-19 e da necessidade de isolamento social. Foram registrados quase dois milhões de Tweets sobre meios de pagamento entre 2019 e agosto de 2020, o que representa crescimento de 104% entre o ano passado e este ano (Volume de Tweets de Janeiro até Agosto para cada ano).

Sem a possibilidade de visitar lojas, por exemplo, as pessoas utilizaram ainda mais as compras online, preferência para 68% das pessoas no Twitter, enquanto outros 32% ainda se sentem mais confortáveis em aquisições feitas em lojas. E esta tendência deve se manter mesmo quando a pandemia finalmente for controlada. Mais da metade das pessoas (55%) pretendem continuar fazendo compras online mais frequentemente; 44% declaram que seguirão usando mais serviços de pagamento mobile, 37% utilizarão dos deliverys de comida mais frequentemente (iFood, Uber Eats etc) e 36% pretendem trabalhar de casa mais vezes


Fonte: Newtrade

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

19/01/2021 16:01 - E-commerce deve faturar R$ 110 bilhões em 2021
11/01/2021 13:18 - PMEs movimentam R$ 1,3 bilhão em 2020 no varejo online
08/01/2021 11:52 - E-commerces continuam caindo no gosto do brasileiro
07/01/2021 15:25 - Delivery cresce e já tem penetração de 80% em zonas urbanas
06/01/2021 17:08 - Enquanto o delivery cresce no Brasil, e-commerce ainda enfrenta desconfiança do consumidor
06/01/2021 16:31 - Após descobrirem e-commerce na pandemia, 94% querem manter hábito de compra
05/01/2021 15:29 - As 4 principais tendências do varejo alimentar online
09/12/2020 15:58 - Vendas do e-commerce brasileiro segue disparando
03/12/2020 16:07 - Vendas online superam lojas físicas pela primeira vez na Black Friday
02/12/2020 15:55 - Black Friday fatura mais de R$ 5 bilhões este ano
01/12/2020 16:06 - Vendas no e-commerce brasileiro dispararam 87% em outubro
27/11/2020 16:24 - E-commerce deve fazer com que Black Friday tenha faturamento recorde
27/11/2020 15:41 - Mais de 70 mil empresas entraram no e-commerce em 3 meses, aponta Visa
23/11/2020 16:09 - 64% das compras online são pagas com cartão de crédito
20/11/2020 15:57 - 46% dos brasileiros aumentaram o volume de compras online durante a pandemia

Veja mais >>>