Angeloni investe em tecnologia para aumentar a produtividade

Leia em 3min 10s

A automação dos processos é uma realidade que já está sendo incorporada com sucesso por boa parte do setor varejista no País. Exemplo disso é a Angeloni que adotou a aplicação da ferramenta MGV Cloud – Central de Produção, desenvolvida e implementada pela Toledo do Brasil.

 

Visando expandir os seus negócios, aumentar a capacidade produtiva e atender com excelência a todos os clientes, a rede supermercadista implantou, em 2019, a MGV Cloud em sua central de produção, onde são produzidos todos os pães, tortas, bolos e folhados para serem distribuídos para as lojas da rede.

 

Segundo Felipe Acelon, gerente da central de produção da Angeloni, o volume diário de produção da rede é de aproximadamente 5 toneladas, chegando ao montante de quase 150 toneladas por mês. “A ferramenta MGV Cloud foi aplicada dentro da central de produção, tendo como objetivo mitigar uma de suas deficiências, que era o processo de separação dos produtos. O resultado foi muito positivo, porque a solução trouxe significativo ganho em velocidade no ato da separação dos produtos, de manual, hoje o processo é automatizado, com chances de erros muito menores. Outra facilidade dessa ferramenta é mostrar, em tempo real, a quantidade de itens separada para cada loja. Assim, é possível controlar o fluxo de cada unidade, encaminhando mais ou menos produtos, conforme a necessidade”, explica.

 

Ainda de acordo com Acelon, a central produz mercadorias para todas as lojas da rede, e o processo se inicia a partir da ordem de compra da matéria-prima, que é pesada, e depois passa a ser utilizada na confecção dos produtos.

 

Rastreabilidade

 

Outra operação importante é que as mercadorias carregam um código de barras em todas as etapas produtivas, possibilitando a rastreabilidade do processo. “No setor de embalamento, o operador consegue visualizar o produto que está sendo pesado, como também a quantidade necessária e para qual loja deve ser enviada”, enfatiza. 

 

Com essa nova central de produção, “a rede Angeloni aumentou muito a produtividade e a velocidade no ato de pesar os produtos, ganho esse sentido pelos clientes. Isso porque agora as mercadorias chegam com mais frescor nas gôndolas, os produtos são repostos com mais velocidade e o processo de remarcação é mais eficiente, possibilitando trabalhar preços diferenciados nas unidades”, comemora Acelon, frisando que antes o preço era fixo por regional, envolvendo maior demanda operacional para a troca de preços, consumindo também elevado custo com o uso de etiquetas.

 

Além do ganho de produtividade na central de produção, Acelon afirma que a ferramenta trouxe maior assertividade, garantindo que a separação das mercadorias seja feita de maneira correta. Dessa forma, a central consegue atender todas as demandas da rede supermercadista, já que o produto é feito e entregue no mesmo dia para as lojas.

 

O gerente da central de produção ainda ressalta outro benefício da MGV Cloud, que é a integração do sistema com monitor. “Antes, as ordens de produção eram impressas em papel; agora, é possível fazer a visualização através de monitores. A produtividade pode ser visualizada pelo gestor na tela, identificando qual mercadoria está sendo separada e o tempo de mão de obra do operador disponibilizado para aquela mercadoria, por exemplo”.

 

Por ser um sistema de fácil linguagem e operação, o processo de transição foi tranquilo, contando com o suporte da área de TI da Angeloni em conjunto com a equipe técnica da Toledo do Brasil. “A partir do momento que foi iniciada as operações do sistema MGV Cloud com as balanças Prix 6 da Toledo do Brasil, houve um ganho de velocidade significativo para execução das demandas, sendo solucionado um dos problemas mais morosos da central, que era o fluxo produtivo, ou seja, a separação manual de item a item. Por ser uma ferramenta totalmente acessível para vários modelos de centrais de produção, hoje eu não consigo ver a fábrica operando sem essa solução”, finaliza.


Fonte: Newtrade 

 


Veja também

Cencosud em vendas online

Os supermercados Perini, Mercantil Rodrigues e GBarbosa, bandeiras do grupo chileno Cencosud, iniciaram as vendas com a ...

Veja mais
RedeMiX inicia produção própria de padaria

Quem nunca foi fisgado por aquele cheirinho de pão que fica no ambiente quando a padaria está em produ&cce...

Veja mais
Prezunic Barra passa a vender ovos apenas de galinhas livres de gaiolas

     Uma loja de supermercado onde todos os ovos à venda são de galinhas livres de gaiolas....

Veja mais
Atacadão abre vagas de emprego no Rio Grande do Sul

O Atacadão está com vagas abertas para a contratação de 650 profissionais no Rio Grande do S...

Veja mais
Spani Atacadista vai investir R$ 35 milhões em loja em Araras

A rede Spani Atacadista anunciou na última semana a instalação de sua primeira loja nesse ano que s...

Veja mais
Grupo Coutinho inaugura 11 lojas até agora

Se por um lado a pandemia tem demandando muitos desafios para todos os setores, pelo outro, redes supermercadistas do Es...

Veja mais
GPA quer aumentar rentabilidade de hipermercados em relação ao atacarejo

O GPA pretende aumentar a rentabilidade de seus hipermercados em relação ao modelo de atacarejo, de acordo...

Veja mais
Era Makro, Agora é Atacadão

Atacadão, bandeira de cash & carry do Grupo Carrefour Brasil, irá inaugurar três unidades no Rio...

Veja mais
Investimento de 15 Milhões

Amanhã (03), acontece a inauguração da segunda loja da rede de supermercados Jaú Serve em Ba...

Veja mais