João Doria defende pacificação política e foco em educação para transformar o Brasil

Leia em 1min 40s

 

Governador do Estado de São Paulo revelou as prioridades que serão trabalhadas caso concorra à corrida presidencial em 2022


O governador do Estado de São Paulo, João Doria, foi um dos grandes nomes que falaram aos supermercadistas presentes na Convenção ABRAS 2021 nesta terça-feira, dia 21. Com a missão de abordar o tema “Perspectivas sociais e políticas”, ele fez questão de destacar a atuação do setor durante a pandemia e que, no Estado de São Paulo, os supermercados foram totalmente preservados neste período por parte do governo paulista. “Não houve nenhuma limitação imposta por nós ao setor, justamente por termos clareza sobre a sua essencialidade”, disse.

 

Na conversa, mediada pelo presidente da ABRAS, João Galassi, e pelo presidente do Conselho Consultivo da entidade, João Sanzovo, o governador também deu forte ênfase ao notável crescimento esperado para o PIB paulista neste ano, cuja atual previsão é de 7,1%. Dentre os diversos fatores atribuídos por Doria para essa projeção cercada de otimismo, ele destacou o recente programa lançado por seu governo, o Pró SP, que consiste em um pacote de investimentos na ordem de R$ 47,5 bilhões que custeará 8 mil obras e serviços em todas as regiões de São Paulo, entre 2021 e 2022, com geração de 200 mil empregos.

 

Questionado por Galassi quais serão as prioridades defendidas caso vença as prévias do seu partido, o PSDB, para disputar a presidência da República em 2022, Doria defendeu a necessidade de restabelecer uma harmonia social em relação aos rumos políticos do País. “Nós precisamos pacificar o Brasil, porque não dá mais para vivermos com a atual polarização que vigora na sociedade”, disse em tom enfático.

 

O governador de São Paulo também destacou cinco pautas que considera urgentes para a sociedade brasileira, a começar pelo oferecimento de uma educação pública de qualidade. Se cuidarmos bem das nossas crianças e jovens, faremos uma grande transformação no Brasil”, disse Doria, que ainda listou a saúde, o cuidado com o meio ambiente, a proteção social e a habitação como prioridades da sua agenda nacional de governo caso concorra às eleições.


Redação SuperHiper


Veja também

Expansão de marcas próprias demanda equilíbrio na competição com a indústria

 No lugar de alimentar rivalidade com líderes de mercado e focar preço baixo, esses itens devem atuar...

Veja mais
Coopetição é somar habilidades com ganhos mútuos

  Tempos atrás, vivenciar o termo era impensável, garantem os especialistas, fato que mudou radi...

Veja mais
As múltiplas possibilidades de praticar o ESG no varejo

 Especialistas em varejo e em gestão corporativa mostram como tratar de temas ambientais, sociais e de gover...

Veja mais
Garantir bem-estar emocional é papel do líder do novo milênio

  Pandemia evidencia necessidade de humanização das relações e de empoderamento de...

Veja mais
Empatia é fundamental para a coopetição

  Líderes têm o importante papel de preservar empatia e propósito que se fortaleceram na p...

Veja mais
O que ditará o futuro do varejo alimentar?

  Gigantes, nacional e internacional, do varejo supermercadistas revelam suas apostas para o futuro e de que f...

Veja mais
Presidente do Congresso Nacional e ministros marcam presença na abertura da Convenção ABRAS

  Maior encontro de lideranças supermercadistas do Brasil começou nesta segunda-feira, em Campin...

Veja mais
Ser “tech” é postura fundamental diante do cenário atual

 Para Abílio Diniz, presidente do Conselho de Administração da Penísula Participa&ccedi...

Veja mais
Setor supermercadista se reúne para discutir o futuro do varejo alimentar

Evento organizado pela Associação Brasileira de Supermercados representa o maior encontro de lideran&ccedi...

Veja mais