Comissão aprova proposta que suspende tributos federais até o fim da pandemia de Covid-19

Leia em 1min 20s

Também fica adiada a também a entrega ao Fisco de declarações fiscais e contábeis

 

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados projeto de lei que suspende o recolhimento de tributos federais – e também a entrega ao Fisco de declarações fiscais e contábeis – até que o fim da pandemia de Covid-19 no País seja reconhecido pelo Ministério da Saúde.

 

O Projeto de Lei 829/20, do deputado Bibo Nunes (PSL-RS), foi aprovado na forma de substitutivo da relatora, deputada Dra. Soraya Manato (PSL-ES). Ela analisou nove projetos apensados, contemplando todos no novo texto.

 

“Considerando as incertezas que ainda permeiam a situação, optei por não determinar competências fixas, mas sim assegurar a suspensão dos prazos por todo o período da pandemia”, explicou a relatora, ao justificar as mudanças.

 

Conforme o substitutivo, será adiado para o 25º dia útil do terceiro mês após o reconhecimento do fim da pandemia pelo Executivo a quitação do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI); de contribuições previdenciárias e para seguridade social ( PIS/Pasep , CSSL e Cofins ); e de parcelamentos já existentes.

 

Entre os documentos fiscais e contábeis cuja entrega à Receita Federal será adiada estão a Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis); a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (Dirpf); a Relação Anual de Informações Sociais (Rais); e o Livro Caixa Digital do Produtor Rural (LCDPR).

 

Tramitação


O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei. 

 

Reportagem – Ralph Machado

 

Edição – Rachel Librelon

 

ÍNTEGRA DA PROPOSTA

 

PL-829/2020

 

Fonte: Agência Câmara de Notícias – 22/11/2021


Veja também

Vale-alimentação passa por mudanças que darão mais liberdade ao trabalhador

 Quando a norma entrar em vigor, o cidadão terá mais opções de restaurantes e a possibi...

Veja mais
STF decide que definição de alíquotas do Seguro Acidente de Trabalho por decreto é constitucional

Para o Plenário, não há incompatibilidade com o princípio constitucional da legalidade tribu...

Veja mais
STF forma maioria para proibir alíquota de ICMS maior para energia e telefonia

Lei estadual que impõe alíquota de ICMS para os serviços de energia elétrica e telecomunica&...

Veja mais
Repetitivo: contestação só deve ser analisada após cumprimento da liminar de busca e apreensão

 A Segunda Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), sob o rito dos recursos especiais repe...

Veja mais
TST – Sistema PJe ficará indisponível entre sexta (26) e domingo (28)

 O funcionamento da ferramenta será interrompido tendo em vista a entrada em produção da nova ...

Veja mais
STF: placar está a 5X2 pela inconstitucionalidade da alíquota de ICMS de 25%

Fachin apresentou na manhã desta sexta-feira contra a validade da cobrança em Santa Catarina O minist...

Veja mais
STJ libera consulta ao cadastro no Bacen para apurar patrimônio por dívida cível

 Não há qualquer impedimento à consulta ao Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro (CCS-Bac...

Veja mais
Não cabe reclamação para discutir sobrestamento de processo diante de incidente de uniformização

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) estabeleceu que é incabível o ...

Veja mais
TJ-DF suspende cobrança de valores de ICMS perdoados pelo governo distrital

Diante da constitucionalidade da Lei Distrital 4.732/2011 e da inexigibilidade do crédito, a 2&ord...

Veja mais