Unilever Brasil acelera inclusão racial com fundo de R$ 17 mi

Leia em 1min 30s

O Afrolever foi organizado em quatro pilares que se retroalimentam e influenciam de forma circular funcionários e a sociedade

 

A Unilever Brasil anuncia a criação do Fundo Afrolever com aporte inicial de 17 milhões de reais, uma iniciativa que visa ter governança centralizada e estruturada — desde a execução à mensuração de resultados — das ações voltadas para acelerar as oportunidades para pessoas negras, tanto internamente como na cadeia de valor da companhia.

 

Para cumprir o seu objetivo, o Fundo Afrolever, da Unilever, foi organizado em quatro pilares que se retroalimentam e influenciam: Talentos, Marcas, Fornecedores e Comunidade

 

Esta nao é a primeira iniciativa da Unilever nesta frente. Em 2018, a companhia definiu a inclusão racial como um pilar e aliou-se a parceiros como a Faculdade Zumbi dos Palmares, a Afrobras, a Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial e ao Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), entre outros.

 

A companhia também conta com um  movimento interno liderado por funcionárias negras que culmina na criação do grupo Afrolever para desenvolver iniciativas para atração de talentos negros, além de estimular o aumento da representatividade racial em cargos de liderança.

 

Assim, o Fundo Afrolever é mais um passo da companhia e a escolha do nome busca reconhecer quem contribui para a construção de uma organização mais inclusiva.

 

O projeto surgiu do desejo do próprio presidente da Unilever Brasil, Gerardo Rozanski, que participa ativamente da agenda e da governança de Equidade, Diversidade e Inclusão, de organizar e dar ainda mais celeridade às iniciativas de inclusão racial da organização.

 

“Não é de hoje que a agenda de diversidade e inclusão é estratégica e prioritária para a companhia. A criação do Fundo Afrolever visa justamente estruturar as iniciativas de equidade racial para, assim, potencializar a eficiência, o alcance e os resultados destas ações”, afirma Rozanski.

 

Fonte:Exame


Veja também

10 tendências para os supermercados em 2022, segundo a Whole Foods

De superalimentos a itens funcionais, confira o que deve marcar presença nas prateleiras das redes de supermercad...

Veja mais
Abertura de novos supermercados ultrapassa período pré-pandemia em todo o país

Levantamento da Geofusion destaca os estados com expansões mais aceleradas no primeiro semestre  Levant...

Veja mais
BRF investe R$ 8 milhões em Buriti Alegre e reforça sua Jornada Indústria 4.0

Unidade é piloto na implementação de sistemas ciber-físicos, Internet das coisas e computa&c...

Veja mais
Nestlé cria três novas zonas de negócios, uma delas com foco no Brasil

Desta forma, a gigante mundial de alimentos tem mais agilidade frente aos hábitos dos clientes em todo o planeta&...

Veja mais
Supermercados ampliam foco em saúde e bem-estar

Mais redes americanas reforçam investimentos em programas de educação e nutrição pers...

Veja mais
Nestlê lança opções vegetais para ovos e camarões

Inicialmente, clientes da Alemanha e da Suíça vão testar as novidades plant based da companhia ...

Veja mais
Nestlé avança nos mercados vegano e vegetariano

Trata-se de uma estratégia da empresa para atrair clientes plant based. O chocolate importado tem ediç&ati...

Veja mais
M. Dias Branco adquire dona da Fit Food e investe em snacks saudáveis

Companhia paranaense também detém as marcas Frontera e a linha de temperos Smart A dona dos biscoitos...

Veja mais
Consumo de alimentos orgânicos cresce mais de 50% no Brasil

Cada vez mais, a inserção de alimentos saudáveis na alimentação diária acontec...

Veja mais