Compras online de Pet Food crescem mais de 90% em volume

Leia em 1min 30s

Pesquisa da Kantar identifica que gastos por ocasião e tíquete médio são duas vezes maiores que total do mercado

 

O mercado de Pet Food – alimentação para animais – é mais um entre os que foram impactados pela pandemia de Covid-19, porém com uma curiosidade: de forma positiva. Por causa dos novos lares que compraram ou adotaram bichinhos para trazer alguma alegria para o período, o segmento cresceu duplo dígito em valor entre julho de 2020 e julho de 2021. As informações são de uma pesquisa da Kantar, líder em dados, insights e consultoria.

 

Na hora de adquirir os produtos da categoria, o e-commerce se destaca. O volume por compra aumentou 7,1%, enquanto no offline caiu 1%. Vale ainda ressaltar que o tíquete médio no digital cresceu 12,3%, e a frequência de pedidos apresentou alta de 21,7%. No comércio físico, os valores são 10,4% e -2%, respectivamente.

 

O perfil de quem compra online, inclusive, é bem específico. De acordo com a Kantar, os proprietários de pet que preferem a plataforma são pais solteiros (32,3%), têm entre 30 e 39 anos (23,1%), fazem parte das classes A e B (53,5%) e possuem dois ou mais animais de estimação em casa (84,4%).

 

Mesmo com os números positivos, as compras online têm um longo caminho até se tornar a principal opção na categoria. Embora o volume de pedidos tenha crescido 93,2% na comparação entre 2020 e 2021, eles representam apenas 1,6% do total. Isso significa que 98,4% do mercado de Pet Food ainda pertence ao offline.

 

Sobre a Kantar

 

A Kantar é líder global em dados, insights e consultoria. Atuamos em mais de 90 mercados e somos a empresa que mais entende como as pessoas pensam, sentem, compram, compartilham, escolhem e veem. Ao combinar nossa experiência sobre o conhecimento humano com tecnologias avançadas, ajudamos nossos clientes a entender as pessoas e inspirar crescimento.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Kantar


Veja também

Guia orienta consumidores na proteção de dados pessoais

Documento é fruto de parceria entre Ministério da Justiça e ANPDO Ministério da Justiç...

Veja mais
Plant based com sabor de peixe chega às lojas

Fazenda Futuro, primeira foodtech da América Latina no segmento, coloca o produto nos supermercados ampliando sua...

Veja mais
O que os consumidores valorizam na retomada pós-pandemia?

Estudo do FMI mostra que segurança continua sendo um aspecto chave na decisão dos consumidores sobre onde ...

Veja mais
Receita plant based a gosto do freguês

Algoritmos de foodtech brasileira podem alterar a composição de um alimento em suas nanofábricas&nb...

Veja mais
Estudo da Kantar relaciona avanço da vacinação com retomada do consumo de alimentos e bebidas fora do lar

 A segunda edição deste ano do estudo Consumer Insights da Kantar, líder em dados, insights e ...

Veja mais
PepsiCo terá fábrica movida a batatas

Estrutura, que ficará pronta até 2025, será a maior e mais sustentável da empresa na Europa&...

Veja mais
No varejo americano, “volta ao normal” fica para depois

Mais da metade dos consumidores dos EUA continuam preocupados com a Covid-19, fazendo com que hábitos de consumo ...

Veja mais
Pet food na BRF promete bom faturamento, diz CEO

Recentes aquisições fortaleceram a divisão que enfrenta o mercado acirrrado com a entrada da Sadia ...

Veja mais
Foodtechs nadam de braçada com leite vegetal

Consumo do público flexitariano praticamente dobrou em uma década no Brasil Leite de aveia, amê...

Veja mais