(411)
Associações Estaduais
Apresentação
Contatos
» Notícias
 
Você está em:

Abras

No Acre, vendas nos supermercados crescem 2% até agosto e seguem tendência de alta 15/10/2020 às 15h

Os Supermercados acreanos continuam constatando aumento nas vendas, mesmo em meio à pandemia da Covid-19. O representante da Associação Brasileira de Supermercados no Acre (ABRAS), empresário Adem Araújo, afirma que o crescimento mais considerável realmente foi até agosto, alcançando cerca de 2%. “Esse mês de setembro ainda teve um crescimento em relação ao mesmo período do ano passado, mas tímido. Até agosto o crescimento foi mais considerável”.

Até agosto, os Supermercados brasileiros acumularam crescimento real de 3,94% na comparação com o mesmo período de 2019, de acordo com o ÍNDICE NACIONAL DE VENDAS da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). Esse índice é apurado pelo Departamento de Economia e Pesquisa da associação e foi divulgado nesta quinta-feira (15). No mês, a alta foi de 2,56% em relação a julho, e de 4,44% na comparação com agosto do ano anterior.

Os Supermercados acreanos seguiram funcionando durante a pandemia por ser atividade essencial e os resultados têm se mantido próximos da projeção da ABRAS divulgada no início do ano, de 3,9% de crescimento para 2020.

O pagamento do auxílio emergencial e outros programas de estímulo do governo federal ajudaram a evitar uma queda mais abrupta da economia. As restrições mais brandas em muitas localidades do Brasil, devido ao controle da disseminação da covid-19, queda no número de casos da doença e de mortes, tem impulsionado a volta gradual do consumo e a melhora em diversas atividades econômicas.

Em agosto, o ABRASmercado (cesta dos 35 produtos mais vendidos nos Supermercados do país) registrou alta de 1,83% na comparação com julho, passando de R$ 542,91 para R$ 552,84. Já na comparação com agosto de 2019 o valor da cesta apresentou crescimento de 16,48%.

As maiores altas foram registradas nos produtos: óleo de soja, 14,16%, tomate, 13,82%, queijo mussarela, 8,84%, pernil, 8,65%, arroz, 8,21%. As maiores quedas nos preços foram verificadas nos itens: cebola, -28,01%, batata -16,54%, feijão, -4,81%, ovo, -4,42%, e farinha de mandioca, -3,71%.


Fonte: AC24horas 



Últimas

» Acats elege nova diretoria e conselhos 23 de Novembro 2020, às 17h
» AMIS lança 1ª feira virtual do segmento supermercadista em Minas Gerais 20 de Novembro 2020, às 18h
» Consumidor do Futuro será mais conectado, exigente e seletivo 18 de Novembro 2020, às 13h
» Mercosuper Digital oferece capacitação gratuita para diversas áreas profissionais 16 de Novembro 2020, às 20h
» Festval, Condor, Muffato e CSD discutem o futuro do supermercado na Mercosuper Digital 16 de Novembro 2020, às 20h
» Transmitido pelo YouTube, Carrinho Agas 2020 distinguirá os melhores do ano 12 de Novembro 2020, às 19h
» Dia do Supermercado: ASSERJ homenageia colaboradores de supermercados em série especial 10 de Novembro 2020, às 15h
» Acats e Agas juntas no Fórum Cone Sul de Integração Varejo & Indústria 06 de Novembro 2020, às 16h
» Supermercados do Rio oferecem novas formas de processamentos de carnes 30 de Outubro 2020, às 15h
» Inflação e redução do auxílio emergencial começam a derrubar vendas nos supermercados 30 de Outubro 2020, às 14h

Ver mais »