Drive thru em supermercados: será que a moda pega?

Leia em 2min 20s

Varejistas americanos fazem testes com sistema de drive thru para acelerar modelos de negócios omnichannel

 

Normalmente, o setor supermercadista demora um pouco mais para adotar inovações, já que o tamanho das redes dificulta o roll-out das iniciativas. O que não quer dizer que projetos-piloto não indiquem o futuro do setor. No varejo americano, uma forte tendência é a adoção do drive thru para acelerar as compras de alimentos.

 

A Amazon, por exemplo, implementou o sistema em uma das lojas Amazon Fresh que está construindo em Boca Raton, na Flórida. No Meio Oeste, a rede Hy-Vee anunciou no primeiro semestre do ano que pretende expandir linhas de drive thru que antes funcionavam apenas para as farmácias das lojas e começar a vender alimentos dessa forma.

 

No sentido oposto, as redes de farmácias foram mais ágeis. No ano passado, conforme os lockdowns se intensificavam nos Estados Unidos, a rede Walgreens ampliou o atendimento em seus drive thrus para a venda de alimentos – mantendo o fluxo de clientes, mesmo que eles não pisassem na loja.

 

Até agora, poucas iniciativas foram além dos testes, mas existem razões para esperar o crescimento do uso desse modelo. Desde março, o chamado grocery pick-up (em que os consumidores fazem os pedidos online e retiram na loja em uma área especial, sem precisar sair do carro) vem ganhando popularidade. Segundo o Omnichannel Report divulgado pela Digital Commerce 360, atualmente mais de 50% dos 1000 maiores varejistas oferecem esse serviço, contra 6,6% no início da pandemia. Ainda assim, a experiência desse modelo deixa a desejar, seja pelo tempo de espera, seja pela indisponibilidade de itens. Há muito a melhorar.

 

No Walmart, que conta com um dos maiores serviços de grocery pick-up dos Estados Unidos, os consumidores esperam em média 7:03 por seus pedidos, praticamente o triplo da espera em um fast food (2:29). Além disso, em períodos de pico, o sistema ocupa espaço no estacionamento que poderia estar sendo ocupado por clientes que querem fazer uma compra presencial – e que podem migrar para um concorrente ao ver o estacionamento lotado.

 

A adoção do drive thru não necessariamente soluciona esse tipo de problema, e ainda pode criar situações como uma fila que não anda porque um pedido não ficou pronto a tempo, ou algum item precisa ser substituído. Para o drive thru funcionar, o pedido tem que estar 100% pronto para o cliente retirar, e esse é um desafio para os supermercados.

 

Para Simon Mayhew, head de online retail insight da empresa britânica de estudos IGD, o drive thru depende de condições específicas. “Esse modelo só funciona em lojas que tenham espaço suficiente e estejam localizadas em regiões menos densamente povoadas. Caso contrário, pode ser mais simples descer do carro e comprar na loja, ou pedir para entregar em casa”, afirma.

 

Redação SuperHiper


Veja também

Duas décadas de sucesso alimentadas por expansão agressiva

Atacarejo Mart Minas realiza oitava inauguração do ano em pleno mês de aniversário com muitos...

Veja mais
Em menos de um ano, Supernosso finaliza conversão de lojas do Carrefour Bairro

Inicialmente, a parceria para 16 unidades chancela a marca e sua expansão em terras mineirasA parceria firmada em...

Veja mais
Pague Menos executa expansão agressiva no interior paulista

Loja de Itu que será inaugurada no próximo dia 28, recebeu R$ 40 milhões de investimento; a caminho...

Veja mais
Rede Savegnago expande negócios e lança centro comercial em Sertãozinho

O empreendimento planejado contará com 20 lojas, área de conveniência, praça de alimenta&cced...

Veja mais
Koch cresce com abertura de complexo de lojas no norte catarinense

Inauguração da 39ª unidade do Komprão Koch Atacadista será quinta-feira em Jaragu&aacut...

Veja mais
GPA estende know-how de logística para marketplace

Em 2022, as 870 lojas do grupo serão usadas pela GPA log dentro de um plataforma de entrega rápida de merc...

Veja mais
Grupo Koch avança no norte de Santa Catarina

A 39ª loja do Grupo será aberta ao público na próxima quinta-feira (23) no Bairro Rio Molha e ...

Veja mais
De olho nas expansões, Mateus abre nova fábrica de panificação

Capacidade produtiva foi ampliada em quase 200% no estado do Maranhão Seguindo o projeto de expansão ...

Veja mais
Walmart acelera investimentos omnichannel

Varejista quer se tornar “digital first” e mantém setor de alimentos como uma área chave de su...

Veja mais