Vendas dos supermercados fecham janeiro com crescimento de 12%

Leia em 2min

 

O setor supermercadista registrou em  janeiro crescimento real (deflacionado pelo IPCA/IBGE) de 12% nas vendas na comparação com o mesmo período de 2020, de acordo com o Índice Nacional de Consumo ABRAS nos Lares Brasileiros (INC), apurado pelo Departamento de Economia e Pesquisa da entidade nacional de supermercados, divulgado nesta quinta-feira (11), em coletiva de imprensa online. Em relação a dezembro, o índice registrou queda de - 18,45%.

 

“Janeiro é um mês tradicional de férias e, mesmo durante a pandemia, muitas pessoas viajaram. Com as restrições de funcionamento de muitos estabelecimentos pelo Brasil, o setor, por ser essencial, foi uma opção na compra de diversos itens. Na comparação com dezembro, a queda de -18,45% foi impactada pela sazonalidade das compras de final de ano, considerado o melhor período de vendas dos supermercados”, declara o vice-presidente Administrativo e Institucional, Marcio Milan.

 

No mês passado, a Associação Brasileira de Supermercados divulgou a projeção de crescimento das vendas do setor para o ano de 2021, de 4,5%.

 

Abrasmercado

 

Em janeiro, o *Abrasmercado registrou alta de 0,22% na comparação com dezembro, passando de R$ 635,02 a R$ 636,40. No acumulado dos 12 meses o valor da cesta subiu 24,40%.

As maiores quedas nos preços da cesta de janeiro foram registradas nos produtos: pernil, -4,23%, leite longa vida, -4,13%, farinha de mandioca, -2,17%, queijo muçarela, -1,98%, papel higiênico, -1,53%. As maiores altas foram nos itens:  cebola, 18,79%, farinha de trigo, 4,97%, feijão, 3,08%, massa sêmola espaguete, 2,62%, açúcar, 2,55%.

 

Regiões

 

Em janeiro, a Região Nordeste foi a única que apresentou queda no valor da cesta Abrasmercado, -1,82%, passando de            R$ 561,14 para R$ 550,95. Dentre as demais regiões, a Norte foi a que apresentou maior variação, 1,42% (mais na apresentação anexa).

 

*A cesta Abrasmercado não é a cesta básica, mas, sim, uma cesta composta por 35 produtos mais vendidos nos supermercados: alimentos, incluindo cerveja e refrigerante, higiene, beleza e limpeza doméstica.

 

 Pandemia

 

Sobre o atual momento, o vice-presidente Institucional e Administrativo da Abras, Marcio Milan, afirma que o setor supermercadista segue atento ao avanço da pandemia da covid-19 no Brasil, e reforça que desde o início da pandemia os supermercados têm funcionado com muita responsabilidade no processo de prevenção e segurança de clientes e colaboradores. “Estamos vigilantes e seguimos firmes em relação às medidas de proteção estabelecidas pelos nossos protocolos, que foram elaborados com base nas orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e órgãos reguladores.”

 

Veja aqui a apresentação da coletiva na íntegra. 

 

 

Comunicação ABRAS

 


Veja também

Supermercadistas projetam crescimento de até 15% nas vendas da Páscoa

A Páscoa deverá ser positiva para o setor supermercadista, que projeta crescimento de até 15% nas v...

Veja mais
Rodrigo Segurado é o novo vice-presidente de Ativos Setoriais da ABRAS

A Associação Brasileira de Supermercados tem o prazer de anunciar a chegada de Rodrigo Segurado para o car...

Veja mais
Pesquisa de Prevenção de Perdas da Abras é prorrogada

 A tradicional pesquisa de Prevenção de Perdas da Associação Brasileira de Supermercado...

Veja mais
Setor supermercadista registra crescimento de 9,36% em 2020

Presidente da Abras, João Galassi     Vice-presidente da ABRAS, Marcio Milan Gerent...

Veja mais
ABRAS e GS1 debatem oportunidades para o autosserviço

  Novas oportunidades para o desenvolvimento do varejo supermercadista foram debatidas em encontro do presidente da...

Veja mais
Supermercadista, participe da pesquisa Ranking ABRAS 2021!

   Prezado Colega Supermercadista, Pelo 44° ano consecutivo, lançamos a campanha do tradi...

Veja mais
ABRAS inicia pesquisa de prevenção de perdas nos supermercados

A visão sobre o controle e a prevenção de perdas é uma importante ferramenta de planejamento...

Veja mais
ABRAS realiza pesquisa de Páscoa até o dia 5 de fevereiro

Como de conhecimento a Páscoa é uma data que potencializa vendas para o setor. A ABRAS por sua vez, gostar...

Veja mais
ABRAS pede ao governo federal prioridade de vacinação contra a Covid-19 para trabalhadores essenciais

  O presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Sanzovo Neto, part...

Veja mais