Consumo nos Lares Brasileiros cresceu 1,97% em novembro, informa ABRAS

Leia em 1min 40s

 

Na comparação com novembro de 2020, o avanço é mais significativo com crescimento de 4,43%

 

A Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) anunciou nesta quinta-feira (13) o Consumo nos Lares Brasileiro de novembro de 2021, que manteve sua trajetória de crescimento com alta de 1,97% na comparação com o mês de outubro. O resultado é ainda mais acentuado quando comparado com o mês de novembro de 2020, com uma alta identificada de 4,43%.


Os dados da associação apontam ainda que de janeiro a novembro de 2021 o consumo se manteve positivo, acumulando 2,88%.


“As ações promocionais dos supermercados em novembro, a diversidade de marcas como alternativas para os consumidores de menor poder aquisitivo conjugadas com o pagamento do 13º terceiro aos trabalhadores assalariados contribuíram para o aumento do consumo nos lares”, explica o vice-presidente Institucional da ABRAS, Marcio Milan.


Segundo a ABRAS, a leve retração no valor da cesta nacional em novembro também pode ter contribuído para o aumento do consumo. Em novembro, a cesta  Abrasmercado, composta por 35 produtos de largo consumo nos  supermercados, elaborada pela GFK em parceria com a ABRAS, apresentou recuo discreto, de -0,32%, em novembro em comparação a outubro, fechando o mês de novembro em R$ 697,80. Na comparação com novembro de 2020, o indicador cresceu 13,1%.


Os itens com as maiores altas em novembro na comparação com outubro foram cebola (25,2%), extrato de tomate (22,3%), café torrado e moído (10,0%), biscoito de maisena (6,5%) e sabão em pó (5,8%).


Entre as maiores quedas em novembro ante outubro ficaram carne dianteiro (-4,6%), queijo muçarela (-3,1%), leite longa vida (-2,7%), batata (-2,6%), queijo prato (-2,1%).


Principais cidades


Dentre as principais cidades que apresentaram maior queda no preço dos produtos da cesta Abrasmercado em novembro, na comparação com outubro, estão Brasília (-3,0%), Grande Porto Alegre (- 0,95%), Interior do Rio Grande do Sul (-0,75%), Grande Rio de Janeiro (-0,70), Grande Belo Horizonte (- 0,38).


As maiores altas ficaram com as cidades de Natal (2,96%), Curitiba (2,61%), Fortaleza (1,79%), Goiânia e João Pessoa (1,39%).

 

Acesse aqui a apresentação da coletiva na íntegra

 

Comunicação ABRAS 

 


Veja também

ABRAS reforça protocolos contra a covid e não vê risco com a falta de atendimento nas lojas

O setor emprega 3 milhões de colaboradores diretos e indiretos em todo o país A Associaç&atild...

Veja mais
Consumo nos Lares Brasileiros cresce 4,95% em outubro, aponta ABRAS

De janeiro a outubro de 2021, o crescimento acumulado é de 3,14%. Na análise da variaçã...

Veja mais
ABRAS fortalece sua presença na capital federal

 Trinta anos após se instalar em Brasília, entidade inaugura seu novo escritório no Distrito F...

Veja mais
Associação Brasileira de Supermercados inaugura novo escritório em Brasília

Vice-presidente Hamilton Mourão participa do evento com palestra sob o tema Perspectivas 2022; inauguraç&a...

Veja mais
ABRAS reúne o varejo e a indústria para celebrar o Dia Nacional do Supermercado

  Noite de comemorações e homenagens também marcou o aniversário de 53 anos da ent...

Veja mais
Consumo nos lares brasileiros se mantém positivo no acumulado de 2021

ABRAS anuncia alta de 3,13% no ano; consumo recua em setembro O Consumo das Famílias Brasileiras se manteve ...

Veja mais
Mapa, supermercados e setor leiteiro lançam a 1ª Semana do Leite

  Iniciativa reforça o valor nutricional do alimento e os derivados em campanha educativa que ser&aacut...

Veja mais
Ministério da Agricultura lança hoje a 1ª Semana do Leite e Derivados

Campanha nacional, que conta com o apoio e participação da ABRAS, reúne os elos da cadeia produtiva...

Veja mais
ABRAS confirma Jantar do Dia Nacional do Supermercado

No dia 12 de novembro, a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) promoverá o tradicional Jan...

Veja mais