Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
SuperHiper
 







Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

12/01/2021 17:06 - Inflação de 2020 foi melhor que previsão anterior, diz diretor do BC

O diretor de Política Monetária do Banco Central (BC), Bruno Serra, disse hoje (12) que o resultado da inflação de 4,5% em 2020, acima do centro da meta, foi "espetacularmente" melhor do que uma inflação de 2,1%, como previsto pelo Banco em setembro do ano passado. A meta projetada era de inflação de 4%. Nesta terça-feira, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do ano passado ficou em 4,52%.

 

"Estamos entregando uma inflação acima do centro da meta, o que nunca é desejável. Mas, como a gente está sempre perseguindo o centro da meta, que era de 4% em 2020, 4,5% é espetacularmente melhor que os 2,1% que a gente imaginava no final de setembro", disse Serra, durante videoconferência sobre a conjuntura econômica brasileira promovida pela XP Investimentos.

 

De acordo com Serra, a alta da inflação é temporária, mas pode afetar o cenário de 2021. O diretor do BC explicou que a alta foi puxada pelo câmbio e pelo preço de commodities (produtos primários com cotação em mercados internacionais) que subiram mais do que o esperado. Segundo Serra, outros fatores de pressão para a alta da inflação foram o dinheiro do auxílio emergencial, questões climáticas que impactaram colheitas no sul do país e a restrição na produção de petróleo da Arábia Saudita.

 

"Teremos uma inflação um pouco mais alta do que imaginávamos, algo que teremos que avaliar nos próximos ciclos. Mudou muito o cenário de commodities de dezembro para cá e teve uma mudança no câmbio também", acrescentou.

 

Selic


Serra disse ainda que o BC deve rever em breve a taxa básica de juros (Selic), que atualmente está em 2% ao ano, mas ressaltou que a alteração vai depender do rumo que tomar a política fiscal do país. "A taxa de juros estrutural da economia brasileira não é 2%. Não é a taxa em que o Brasil vai conviver em situações normais. É o nível que o Banco Central precisou colocar para perseguir a meta de inflação em um ambiente bastante típico", afirmou.

 

Na próxima semana, o Comitê de Política Monetária (Copom) realiza a primeira reunião de 2021, mas, de acordo com Serra, ainda não deve haver mudanças na taxa da Selic. As alterações devem ocorrer após a votação do Orçamento de 2022, após o início do ano legislativo, em fevereiro.

 

"É um debate que vai acontecer no devido tempo, ao longo dos próximos trimestres. O debate já está ocorrendo no mercado e é natural que ocorra do nosso lado também", afirmou.


Fonte: Agência Brasil

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

25/02/2021 11:45 - Contratação de temporários deverá subir 25%
25/02/2021 09:41 - Após quatro quedas seguidas, confiança do comércio tem leve alta em fevereiro
25/02/2021 09:38 - IGP-M acumula inflação de 28,94% em 12 meses, diz FGV
24/02/2021 09:37 - IPCA-15: Prévia da inflação oficial em fevereiro fica em 0,48%, aponta IBGE
24/02/2021 09:32 - Confiança do consumidor sobe em fevereiro, diz FGV
23/02/2021 09:23 - Expectativa de inflação sobe para 5,3% ao ano entre consumidores, aponta FGV
23/02/2021 09:18 - CNI: 82% das grandes empresas pretendem investir em 2021
22/02/2021 11:22 - Mercado diminui projeção para crescimento da economia em 2021
22/02/2021 11:21 - Índice de Confiança da Indústria recua na primeira prévia do mês
19/02/2021 15:45 - Monitor do PIB sinaliza que economia teve retração de 4% em 2020
18/02/2021 10:13 - IGP-M acumula taxa de inflação de 28,64% em 12 meses, diz FGV
17/02/2021 16:02 - Mercado aumenta projeção para taxa básica de juros em 2021
12/02/2021 11:28 - Atividade econômica tem alta de 0,64% em dezembro, diz Banco Central
12/02/2021 10:14 - 'Prévia' do PIB do Banco Central indica que economia brasileira teve retração de 4,05% em 2020
12/02/2021 10:06 - Inflação medida pelo IGP-10 sobe para 2,97% em fevereiro

Veja mais >>>