Cepal: comércio da América Latina e do Caribe terá aumento em 2021

Leia em 2min

Previsão é crescimento de 25% nas exportações regionais de bens

 

De acordo com relatório da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) divulgado nesta terça-feira (7), o comércio internacional da região terá uma recuperação importante em 2021. O crescimento ocorre após forte queda observada no ano passado. A recuperação, no entanto, não será igual em todos os países por causa da incerteza provocada pela pandemia do novo coronavírus.

 

Segundo o levantamento Perspectivas do Comércio Internacional da América Latina e do Caribe 2021, haverá um aumento de 25% no valor das exportações regionais de bens neste ano após uma queda de 10% em 2020.

 

Esse aumento é impulsionado pela alta de 17% nos preços de exportação e uma expansão de 8% do volume exportado.

 

Expectativa para 2022 é aumento de 10% no valor das exportações regionais de bens e 9% nas importações, mesmo com menor crescimento da economia regional e mundial.

 

A América do Sul registrou o maior aumento do valor exportado em 2021, de 34%, beneficiada especialmente com os maiores preços das matérias-primas. No Caribe, o aumento das exportações ocorre pela alta dos preços do petróleo e do gás.

 

"O aumento das exportações de bens da região durante 2021 é explicado principalmente pelo aumento dos preços dos produtos básicos, sobretudo minerais, petróleo e produtos agroindustriais, mais do que pela expansão do volume exportado. Da mesma forma, as exportações regionais de serviços ainda não se recuperaram da queda sofrida como resultado da pandemia", mostra o relatório.

 

Turismo


Conforme a comissão, a dependência dos países da região no turismo supera a média mundial e faz com que a incerteza quanto à reabertura do setor condicione negativamente as perspectivas de várias economias, especialmente dos países do Caribe.

 

"Essa situação exige uma reflexão sobre a urgência de aprofundar a integração econômica regional. Avançar para um mercado regional integrado é indispensável não só para gerar escalas eficientes de produção e promover processos de diversificação produtiva e exportadora, mas também para alcançar maior autonomia em setores estratégicos. Esse último objetivo tem adquirido particular relevância face às perturbações provocadas pela pandemia nas cadeias mundiais de abastecimento", destacou a secretária executiva Alicia Bárcena na apresentação do documento.

 

Incertezas


O relatório da Cepal indica vários fatores de incerteza no comércio mundial com reflexos na região como o ritmo desigual de vacinação e novas variedades do vírus; pressões inflacionárias e dificuldade em manter os estímulos fiscais; tensões comerciais e riscos no setor imobiliário da China; interrupções nas cadeias de abastecimento e aumento dos fretes.


Fonte: Agência Brasil 

 


Veja também

Comissão do Senado aprova PL para estabilizar preço dos combustíveis

Projeto de lei visa amortecer impacto de aumentos do petróleo no país A Comissão de Assuntos E...

Veja mais
Preço da cesta básica de alimentos sobe em nove cidades

Pesquisa foi feita pelo Dieese em 17 capitais O custo médio da cesta básica de alimentos aumentou em ...

Veja mais
Empregadores têm até hoje para quitar parcelas suspensas do FGTS

Medida foi adotada para ajudar empresas afetadas pela pandemia Os empregadores que aderiram à suspensã...

Veja mais
IGP-DI tem queda de 0,58% em novembro

Índice tem inflação de 16,28% no anoO Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna ...

Veja mais
Indústria fecha 2021 sem novidades, aponta GS1

Em relação ao primeiro ano da pandemia, a produção de novos portfólios permanece no m...

Veja mais
RJ: compra de produtos piratas envolve 2,9 milhões de pessoas em 1 ano

Pesquisa da Fecomércio revela que maioria sabe que pirataria é crime Pesquisa divulgada nesta segunda...

Veja mais
BC: saques em poupança superam depósitos em R$ 12,37 bilhões

Em novembro de 2020, houve mais depósitos do que saques As retiradas da caderneta de poupança superar...

Veja mais
Banco do Brasil faz mutirão de renegociação de dívidas

Clientes terão até o dia 17 de dezembro para procurar o banco O Banco do Brasil (BB) começa ne...

Veja mais
Produção de veículos tem alta de 15,1% no país

Balanço divulgado hoje (6), em São Paulo, revela que a produção de veículos no Brasil...

Veja mais