Carne de frango e suína brasileiras marcam presença na Copa do Mundo

Leia em 1min 20s

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), realizará uma ação para promover a qualidade da carne suína e de frango brasileira na Rússia até o dia 30 de junho, em Moscou, durante a Copa do Mundo Fifa Rússia 2018.

 

No total, serão 45 pontos espalhados pela capital russa com banners publicitários que ressaltam a qualidade dos produtos brasileiros, juntamente com mensagens que correlacionam a tradição brasileira no futebol e na produção de proteína animal.

 

“Além de promover a aproximação com milhares de turistas e cidadãos russos, a ação da ABPA fortalecerá ainda mais a imagem da carne de frango e suína brasileira.  Nosso país trabalha seguindo os princípios de qualidade e sanitários de seus mais de 160 mercados importadores. Marcar presença em um dos maiores eventos do mundo é uma oportunidade ímpar de reforçar à Rússia e a outros países a qualidade da carne suína e do frango do Brasil”, comenta Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA.

 

Desde novembro do ano passado, a Rússia que até então era a maior compradora da mercadoria, suspendeu a importação de carne suína brasileira. Em 2017, foram embarcadas cerca de 260 mil toneladas de carne suína para a Rússia, totalizando uma receita de US$ 693 milhões. Já a carne de frango, o volume de exportações em 2017 para o país sede da Copa foi de 83 mil toneladas e em receita o acumulado foi de US$ 126,8 milhões.  O Brasil está trabalhando para retomar os embarques para a Rússia e deseja com essa ação reforçar a imagem e qualidade da carne de frango e suína brasileiras.

 

Fonte: Suíno Cultura Industrial

 


Veja também

Preço do frango tem alta de 19,4% no atacado em um mês

Com o fim da greve dos caminhoneiros, o mercado de frango, que já sinalizava um movimento de alta nas cotaç...

Veja mais
Suínos: Menor oferta e procura aquecida mantêm preços em alta

Segundo pesquisados do Cepea, os preços do suíno seguem em alta, devido à menor oferta de animais p...

Veja mais
China vai impor tarifas de até 34% ao frango brasileiro

Pequim - A China vai impor tarifas para o frango de corte brasileiro a partir deste sábado, 9, afirmou o Minist&e...

Veja mais
Carne bovina ganha competitividade no País

A diferença de preços da carne bovina para a de frango deve cair por conta dos fortes impactos da greve do...

Veja mais
Setor de aves e suínos retoma operações após perdas de R$3,15 bi por bloqueios

São Paulo - Todas as 167 unidades frigoríficas do Brasil que haviam parado a produção de car...

Veja mais
Indústrias frigorificas não produzem e nem vendem carne bovina

Até o fechamento da última quarta-feira (30/5), em função da greve dos caminhoneiros, as ind...

Veja mais
Frango: Recuperação do mercado é interrompida pela greve

No início deste mês, a avicultura registrava preços mais elevados da carne e reação da...

Veja mais
Suínos: Paralisação de caminhoneiros traz incertezas ao setor

Segundo pesquisadores do Cepea, a greve dos caminhoneiros tem trazido incertezas, visto que a suinocultura é um d...

Veja mais
Setor de aves do Brasil pode levar mais de 2 anos para se recuperar de greve, diz Maggi

"Se nós perdermos essas aves, nós perdemos toda a capacidade de recuperação", disse Maggi a ...

Veja mais