Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 









Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Geral

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Geral

23/04/2020 11:09 - Compras com cartão sobem 18,7% no País

A Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), que representa o setor de meios eletrônicos de pagamento, aponta que os brasileiros realizaram R$ 1,84 trilhão em compras com cartões de crédito, débito e pré-pagos em 2019, o que representou um crescimento de 18,7% em relação a 2018.

Somente as transações com cartões de crédito registraram, pela primeira vez, um volume acima de R$ 1 trilhão, chegando a R$ 1,16 trilhão, com alta de 19,8%. Já os cartões de débito somaram R$ 664,4 bilhões (aumento de 15,5%) e os cartões pré-pagos, R$ 22 bilhões (avanço de 73,6%).

Com o resultado, os pagamentos digitais elevaram para 43% sua participação no consumo das famílias brasileiras no 4° trimestre de 2019, ante 38% no mesmo período de 2018. Da mesma forma, cresceu de 24,8% em 2018 para 28% em 2019 a representatividade do setor em relação ao PIB (Produto Interno Bruto).

Pagamentos por aproximação – O levantamento da Abecs passou a acompanhar o volume de compras feitas por meio da tecnologia de aproximação NFC (Near Field Communication), em que o consumidor apenas aproxima seu dispositivo (cartão, celular, relógio e pulseira, entre outros) da máquina de cartão para realizar pagamentos.

Em 2019, a modalidade cresceu 565%, movimentando um total de R$ 6 bilhões, embalada pela adoção da tecnologia nos sistemas de transporte público de grandes cidades do País e uma maior adesão por parte dos usuários no comércio em geral.

Os pagamentos realizados a distância, principalmente via e-commerce, plataformas digitais e aplicativos, já representam 28% das transações com cartões de crédito no Brasil – em 2018, a fatia era de 20,5%. O valor movimentado foi de R$ 323,5 bilhões, com crescimento de 31% em comparação com o ano anterior.

Desafios 2020 – A crise gerada pela propagação do novo coronavírus tem impactado diretamente diversos segmentos da economia nas últimas semanas, principalmente os setores de comércio e serviços, o que consequentemente afeta o volume transacionado pelos pagamentos eletrônicos.

Dado o atual cenário, ainda é cedo para realizar a projeção dos resultados totais do setor de cartões em 2020, uma vez que ainda não se sabe a duração e o real impacto da crise na economia.

No entanto, a Abecs considera positivas as medidas já anunciadas pelo governo federal no sentido de subsidiar auxílio financeiro a trabalhadores e microempreendedores, bem como a pequenas e médias empresas por meio de novas linhas de crédito. Tais iniciativas, somadas a outras que eventualmente venham a ser anunciadas, certamente contribuirão para a retomada do setor e da economia nos próximos meses.

O setor de cartões tem participado de diversas iniciativas para amenizar os impactos da crise entre usuários e estabelecimentos comerciais. Uma delas é a proposta da Abecs levada à equipe econômica do governo federal de dar acesso a uma linha de financiamento por meio das credenciadoras, responsáveis pelas redes de máquinas de cartão, o que aumentará a disponibilização de crédito para autônomos, microempreendedores e pequenas empresas impactadas pela crise.

Tanto as credenciadoras quanto os emissores de cartão têm, individualmente, anunciado medidas e disponibilizado alternativas para ajudar os clientes a superarem este período com menos insegurança financeira, como planos de parcelamento, aumento de limite de crédito, prorrogação de prazo de pagamento, descontos e disponibilização de serviços gratuitos, entre outras.

Além disso, os pagamentos digitais, de forma geral, têm ajudado a sociedade neste cenário de prevenção e distanciamento social. Os meios eletrônicos diminuem o risco de contágio, principalmente a modalidade de pagamento por aproximação, e permitem que, em certa medida, pessoas e empresas possam manter seu consumo e seus negócios à distância, por meio do e-commerce e compras por aplicativos – uma prática cada vez mais incorporada pelo brasileiro dado o momento atual. 


Fonte: Diário do Comércio 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

07/07/2020 15:56 - Cade aprofunda análise sobre compra de margarinas da Bunge pela JBS
07/07/2020 15:53 - Preço da cesta básica cai em junho em 10 capitais
06/07/2020 15:59 - Abre promove painel sobre perdas e desperdício de alimentos
30/06/2020 15:16 - Varejo ampliado deve sofrer mais redução
30/06/2020 14:49 - SP multará em R$ 500 quem estiver nas ruas sem máscara
30/06/2020 12:46 - Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada na capital paulista
29/06/2020 13:40 - Por que a Starbucks, Coca-Cola, Unilever e Diageo suspenderam publicidade nas redes
23/06/2020 15:11 - Isolados, 4 em cada 10 mudaram alimentação
23/06/2020 14:00 - Nova plataforma permite acompanhar medidas de enfrentamento à Covid-19 no país
22/06/2020 14:07 - ABAD lança campanha nacional em prol de bares e restaurantes atingidos pela pandemia
19/06/2020 15:44 - Indústrias de amendoim fortalecem canais online para período de festas juninas
19/06/2020 15:04 - Portaria define medidas preventivas no trabalho contra a covid-19
18/06/2020 15:18 - Setor agrícola brasileiro prospera apesar de pandemia de covid-19
15/06/2020 15:18 - Anvisa atualiza orientações para empresas de alimentos
12/06/2020 15:06 - eSocial - Cronograma: estado de calamidade adia entrada do 3º grupo de obrigados

Veja mais >>>