(299)
Jurídico
Apresentação
Membros do Comitê
» Notícias Jurídicas
 
Você está em:

Comitês

Setor produtivo cobra mudanças na Lei dos Caminhoneiros 03/04/2013 às 12h

Representantes do setor produtivo reforçaram, nesta terça-feira (2), as críticas contra a Lei do Descanso para Motoristas (12.619/12) e cobraram mudanças nas regras durante audiência pública da comissão especial que trata do assunto. Essa lei estabelece prazos mínimos de descanso para o condutor. Entre eles, uma parada de 30 minutos a cada quatro horas; um repouso diário de 11 horas a cada 24 horas; além de folga semanal de 30 horas para motoristas empregados.

 

O diretor da área de Transporte da Coopercentral Aurora, Celso Capelaro, por exemplo, afirmou que o texto atual da lei, se mantido, vai provocar a necessidade de crescimento na frota de caminhões de 56% para que os prazos de embarque sejam cumpridos.

 

Além disso, o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja), Glauber Silveira, alertou que o preço do frete aumentou 25% nos últimos meses, por conta da lei, e já representa cerca de 40% dos custos do setor.

 

"O preço do frete está um absurdo, e os caminhões estão funcionando como armazéns ambulantes no Brasil", disse Silveira. "Para piorar, o desembaraço das mercadorias nos portos, que antes levava dois dias no máximo, hoje está levando de sete a oito dias", acrescentou.

 

Passivo trabalhista


O relator da comissão, deputado Valdir Colatto (PMDB-SC), disse que pretende apresentar suas propostas de mudanças na lei até o fim do próximo mês e demonstrou preocupação com a possibilidade de a lei criar um passivo trabalhista que inviabilize o setor de transporte no Brasil.

 

"O processo complicou bastante, porque você transferiu a vigência da fiscalização, mas não interrompeu as exigências da lei trabalhista, com isso houve um passivo trabalhista que ficou nas empresas", disse. Diante do quadro, o relator acredita que o governo irá editar uma medida provisória para anular essas multas.


Reportagem - Rodrigo Bittar
Edição - Rachel Librelon

 

 

Fonte: Agência Câmara de Notícias (02.04.13)

 




Clipping Portal ABRAS


 

Últimas

» Ministro nega recurso em ação sobre correção de dívidas trabalhistas 03 de Julho 2020, às 14h
» Senado aprova MP que prorroga prazo para assembleias de sócios 03 de Julho 2020, às 14h
» Promulgada emenda que adia eleições municipais para novembro 03 de Julho 2020, às 14h
» Covid-19: sancionada lei que torna obrigatório uso de máscaras 03 de Julho 2020, às 14h
» Alerta sobre o aviso nº 43 do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro 03 de Julho 2020, às 14h
» Decreto atualiza o Regulamento da Previdência Social às regras da Nova Previdência 03 de Julho 2020, às 14h
» A equivocada discussão sobre o voto de qualidade no Carf 02 de Julho 2020, às 14h
» Transação extraordinária e transação por adesão são prorrogadas 02 de Julho 2020, às 14h
» Receita Federal prorroga até 31 de julho suspensão das ações de cobrança e mantém atendimento presencial para os serviços essenciais 02 de Julho 2020, às 14h
» Aumentar preços injustificadamente durante pandemia poderá ser crime contra economia popular 02 de Julho 2020, às 14h

Ver mais »