(299)
Jurídico
Apresentação
Membros do Comitê
» Notícias Jurídicas
 
Você está em:

Comitês

Sociedades não precisam emitir nota eletrônica, diz Cesa 04/07/2012 às 11h

A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) não precisa ser emitida por escritórios de advocacia paulistanos, mesmo depois da publicação do Decreto municipal 53.151, de maio de 2012, que regulamenta o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e dispõe sobre a emissão da nota. A conclusão parte de estudo concluído pelo Comitê Tributário do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados.


O decreto diz que a prestação de serviços advocatícios é fato gerador de ISS e, em seu artigo 81, pontua que, "por ocasião da prestação de cada serviço deverá ser emitida NFS-e". O documento não revoga, porém, instrução normativa de agosto de 2011, que desobriga os advogados de admitirem a nota, explica o coordenador do comitê tributário do Cesa, Salvador Fernando Salvia.


Segundo a Instrução Normativa SF/Surem 10, a NFS-e é opcional para diferentes prestadores de serviços, como microempreendedores individuais, profissionais liberais e autônomos, sociedades uniprofissionais, instituições financeiras e o Metrô de São Paulo, entre outros.


"O novo decreto não revogou a instrução normativa e, ao regulamentar a Lei 15.406/2011 [que dispõe sobre o Programa Nota Fiscal Paulistana], tornou a opção por emitir a nota fiscal irretratável. Ou seja, é aquela que consta na instrução normativa publicada anteriormente", diz Salvia.


Foi justamente a falta de menções ao decreto que gerou inquietação entre as sociedades de advogados, que fizeram a consulta ao Cesa. O resultado do estudo foi apresentado na última semana.


Clique aqui para ler a instrução normativa.



Por Marcos de Vasconcellos
Marcos de Vasconcellos é repórter da revista Consultor Jurídico.
Fonte: Conjur - Consultor Jurídico (04.07.12)




Clipping Portal ABRAS


Últimas

» Confira o funcionamento do TJDFT durante o feriado forense de 20/12 a 06/01 18 de Dezembro 2020, às 19h
» BC anuncia procedimentos para autorização e cancelamento de débito em conta 18 de Dezembro 2020, às 19h
» Data do fato gerador define se crédito deve ser submetido aos efeitos da recuperação judicial 18 de Dezembro 2020, às 18h
» TRT 1ª Região – Recesso forense começa em 20/12 a vai até 6/1 18 de Dezembro 2020, às 18h
» TRF3 DIVULGA INFORMAÇÕES SOBRE PLANTÃO JUDICIAL DURANTE O RECESSO JUDICIÁRIO 2020/2021 18 de Dezembro 2020, às 18h
» Fux restabelece decreto que restringe horário para venda de bebidas alcoólicas em restaurantes de SP 18 de Dezembro 2020, às 18h
» Portaria atribui efeito vinculante a súmulas do Carf 18 de Dezembro 2020, às 18h
» INTERRUPÇÃO (RECESSO) INFORMATIVO JURÍDICO ABRAS 18 de Dezembro 2020, às 17h
» Plenário decide que vacinação compulsória contra Covid-19 é constitucional 18 de Dezembro 2020, às 17h
» Divulgada agenda de revisão das NRs em 2021 18 de Dezembro 2020, às 17h

Ver mais »