(299)
Jurídico
Apresentação
Membros do Comitê
» Notícias Jurídicas
 
Você está em:

Comitês

CCJ aprova anulação de cláusula que transforme consumidor em sócio 29/04/2011 às 15h

Texto proíbe expressamente a inscrição, por simples contrato, do consumidor em 'sociedades em cotas de participação'

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (27) projeto de lei que anula cláusulas contratuais que incluam automaticamente o consumidor como sócio ou cotista de qualquer sociedade comercial. A medida está prevista no Projeto de Lei 62/03, do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP).

O texto proíbe expressamente a inscrição, por simples contrato, do consumidor em "sociedades em cotas de participação" – uma modalidade de associação comercial mais simples, segundo Mendes Thame, usada por estelionatários para aplicar golpes.

A proposta já havia sido aprovada pela Câmara em 2004, quando foi enviada ao Senado. Lá, os senadores aprovaram emendas que, segundo o relator da proposta na CCJ, Hugo Leal (PSC-RJ), objetivam somente resolver problemas de técnica legislativa do texto original.

As emendas do Senado já haviam sido aprovadas pela Comissão de Defesa do Consumidor em 2009. A proposta agora segue para análise do Plenário da Câmara.

Golpe

O autor da proposta disse que o projeto deve coibir golpes aplicados por meio de anúncios e classificados de jornais, sob o disfarce de crédito fácil ou promoções com vantagens exageradas na compra de um bem ou serviço como: prestações baixas, ausência de consulta ao SPC ou Serasa e, ainda, dispensa de fiador ou comprovante de renda.

Mendes Thame alerta que, ao assinar o contrato, o consumidor se torna sócio de uma empresa e assume a obrigação de pagar contribuição social, taxa de administração e parcelas de seguros mensais. "Passado o prazo de carência, a pessoa receberia o dinheiro para comprar seu bem, mas muitas vezes a promessa não se cumpre, diante da fuga e do desaparecimento desses falsos empresários", explicou.

Agência Câmara
Autor: Carolina Pompeu
Fonte: ConsumidorRS (28.04.11)




Clipping Portal ABRAS


Últimas

» Projeto que altera a Lei de Falências segue para sanção 26 de Novembro 2020, às 16h
» TJRS – Justiça autoriza que shopping pague somente pela luz utilizada durante primeiros meses da pandemia 26 de Novembro 2020, às 16h
» Site da Receita Federal traz nova seção relacionada à regularização do CPF 26 de Novembro 2020, às 16h
» TJDFT aprova criação de vara exclusiva para cobrança do ICMS 26 de Novembro 2020, às 16h
» TJMG adota Juízo 100% Digital 26 de Novembro 2020, às 16h
» A essencialidade da atividade de supermercados e o trabalho em feriados 26 de Novembro 2020, às 16h
» PGFN participa da Semana Nacional da Conciliação com propostas de acordo para quitação de dívidas, com descontos e prazos diferenciados 25 de Novembro 2020, às 16h
» Projeto autoriza parcelamento de dívida trabalhista executada durante pandemia 25 de Novembro 2020, às 16h
» Ministro rejeita mandado de segurança contra tramitação da Reforma Administrativa 25 de Novembro 2020, às 16h
» Decisões em ações civis públicas podem ter abrangência nacional, defende PGR 25 de Novembro 2020, às 16h

Ver mais »