(299)
Jurídico
Apresentação
Membros do Comitê
» Notícias Jurídicas
 
Você está em:

Comitês

Último painel da Convenção ABRAS traz tendências e desafios para 2020 14/09/2017 às 16h

  

 

Redução de perdas, tecnologia, entendimento do consumidor, legislação, cenário econômico, e meios de pagamento são alguns dos aspectos que os supermercados têm que focar para se fortalecer no mercado, de acordo com o painel Supermercados 2020, último da Convenção ABRAS 2017, e que se mostrou bastante enriquecedor para os supermercadistas que querem superar os desafios que o setor enfrenta e enfrentará nos próximos anos.


João Sanzovo Neto, presidente da ABRAS, abordou em sua apresentação alguns avanços importantes para o setor, como a reforma trabalhista, terceirização e, representando uma vitória importante, a lei que passou a considerar os supermercados como atividade essencial da economia do país. "Esse conjunto de mudanças vai oferecer um cenário mais favorável ao setor e permitir um crescimento significativo nos próximos anos", destacou Sanzovo.


O presidente reforçou que é importante que haja um trabalho focado na redução de perdas, que, além de representarem R$ 7 bilhões que deixam de entrar no bolso dos supermercadistas, moralmente também é muito ruim, pois se trata de desperdício de alimento. "É fundamental que seja feito um trabalho de educação e conscientização dos consumidores para reduzir esse número, uma vez que a maior parte das perdas ocorre nas residências."


Carlos Kawal, economista-chefe do Banco Safra, apresentou detalhes do cenário econômico brasileiro e mundial e as tendências em curto e médio prazos. Metaforicamente, comparou o país a uma pessoa e comentou que em 2016 o Brasil estava na UTI, respirando por aparelhos, mas sendo tratado por ótimos médicos. "No primeiro semestre deste ano, saímos da UTI. No segundo, estamos dando os primeiros passos da reabilitação e, em 2018, devemos voltar a ter uma vida mais normal com a economia num viés mais positivo", ressaltou.


De acordo com Kawal, o PIB do Brasil tem mostrado sinais de recuperação, assim como a taxa de desemprego, que registrou leve alta neste ano. "Mas ainda levará tempo para as famílias reduzirem os endividamentos e voltarem a ter o crédito que tiveram alguns anos atrás." Segundo Kawal, o avanço será lento e dependerá imensamente dos avanços das reformas previdênciária e tributária.


Augusto Lins, executivo partner da Stone, encerrou o painel abordando os meios de pagamento e as evoluções dessa modalidade. "Com as constantes mudanças no comportamento do consumidor e o processo de digitalização das compras, isso impacta as formas de pagamento, que também devem representar uma positiva experiência para o cliente"', destacou. Lins complementou que o setor está mudando basicamente em três dimensões: transparência, escolha e competição. "Os supermercadistas deverão se adaptar a esse novo cenário para se fortalecer e crescer no mercado."



Redação Portal ABRAS

 




Clipping Portal ABRAS


Últimas

» Plenário decide pela subsistência das contribuições a Sebrae, Apex e ABDI após a Emenda 33/2001 24 de Setembro 2020, às 14h
» Entra em vigor lei que regula partilha do ISS entre municípios 24 de Setembro 2020, às 14h
» LEI Nº 14.060, DE 23 DE SETEMBRO DE 2020 24 de Setembro 2020, às 14h
» Projeto prevê regulamento para vacina contra o covid-19 24 de Setembro 2020, às 14h
» Quarta Turma reconhece responsabilidade objetiva do requerente de cautelar por danos causados pela medida 24 de Setembro 2020, às 14h
» Governador de SP questiona normas que disciplinam pagamento de precatórios 24 de Setembro 2020, às 14h
» Decreto institui plataforma digital de pagamentos ao Tesouro 24 de Setembro 2020, às 14h
» Câmara aprova alterações no Código de Trânsito; carteira de motorista terá validade maior 23 de Setembro 2020, às 15h
» PORTARIA Nº 20.749, DE 17 DE SETEMBRO DE 2020 23 de Setembro 2020, às 15h
» STJ – Aplicativo para celular facilita o peticionamento eletrônico no STJ 23 de Setembro 2020, às 15h

Ver mais »