(299)
Jurídico
Apresentação
Membros do Comitê
» Notícias Jurídicas
 
Você está em:

Comitês

TJRS -Protocolo Integrado agora inclui autos processuais e permite remessa de qualquer lugar do Brasil 01/06/2017 às 14h

Criado para facilitar e agilizar os procedimentos na rotina dos Advogados, o Serviço de Protocolo Postal (SPP), também conhecido como Protocolo Integrado, ganhou novas funcionalidades. O serviço, que permite o registro de petições e recursos de 1ª e 2ª instâncias em qualquer ponto do Estado, agora possibilita também o envio de autos processuais. Outra novidade é que a remessa pode ser feita de qualquer estado do Brasil para o Tribunal de Justiça e Comarcas gaúchas. Processos que tramitam eletronicamente não estão contemplados.

 

O convênio, firmado entre o TJRS e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), existe desde 2001 e sofreu melhorias ao longo do tempo, especialmente atendendo a pedidos da Advocacia. Para a Corregedora-Geral da Justiça, Desembargadora Iris Helena Medeiros Nogueira, as mudanças "ampliam o fluxo já existente e aperfeiçoam a forma de devolução de processos às unidades judiciais, contribuindo para desafogar os balcões de atendimento que atuam com sobrecarga de trabalho".

 

Confira as novidades

  • Além de permitir a remessa de petições, recursos e outros documentos endereçados a processos físicos de quaisquer unidades judiciárias e administrativas no âmbito do Poder Judiciário do Rio Grande do Sul, agora também poderão ser enviados autos de processos pelo SPP, desde que acompanhados de petição
  • Na hipótese de os autos serem remetidos sem manifestação sobre a causa, deverá ser elaborada petição de devolução para aposição do comprovante de postagem pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT)
  • As petições e os autos de processos poderão ser enviados pelo SPP de qualquer estado do Brasil ao TJRS e às Comarcas do RS
  • Poderão ser enviadas petições iniciais pelo SPP, exceto as que contenham pedido de tutela de urgência
  • As peças processuais cuja admissibilidade estiver condicionada a prévio preparo, inclusive petições iniciais, poderão, mesmo assim, ser remetidas pelo SPP, mas o cálculo e o recolhimento das respectivas custas serão de exclusiva responsabilidade da parte
  • Objetivando preservar a segurança do sistema, apenas uma peça processual, independentemente do número de páginas que contiver, poderá ser remetida por envelope SEDEX
  • Somente um processo poderá ser devolvido por vez pelo SPP
  • O SPP não se aplica aos processos que tramitam eletronicamente

Não poderão ser objeto de remessa pelo SPP as petições:

  • Que requeiram adiamento de audiência ou substituição de testemunhas
  • Que requeiram adiamento de leilão
  • Com pedido de tutela de urgência
  • Sobre processo eletrônico

Mais informações em: https://www.tjrs.jus.br/site/servicos/protocolo_integrado/

 

 

Fonte: TJRS (01.06.2017)




Clipping Portal ABRAS


Últimas

» Saúde atualiza plano de vacinação com novas categorias na prioridade 27 de Janeiro 2021, às 15h
» Projeto reduz penas para crimes contra relações de consumo 27 de Janeiro 2021, às 15h
» Projeto zera tributos incidentes sobre itens da cesta básica 27 de Janeiro 2021, às 15h
» Congresso avalia Lei Orçamentária e 24 vetos na volta do recesso 27 de Janeiro 2021, às 15h
» Início dos trabalhos legislativos do Congresso será no dia 3 de fevereiro 27 de Janeiro 2021, às 15h
» Novos serviços disponíveis no portal REGULARIZE: Negócio Jurídico Processual e Acordo de Transação Individual 27 de Janeiro 2021, às 15h
» Justiça do Trabalho adota sistema único de videoconferência 27 de Janeiro 2021, às 15h
» Pesquisa Pronta destaca improbidade administrativa e planos de saúde 27 de Janeiro 2021, às 15h
» Confira os feriados de fevereiro/2021 na jurisdição do TRT/RJ 27 de Janeiro 2021, às 15h
» OAB questiona decreto presidencial sobre compartilhamento de dados dos cidadãos 26 de Janeiro 2021, às 15h

Ver mais »