Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 







Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

27/11/2020 15:19 - Governo detalha pagamentos e saques do auxílio emergencial

O Ministério da Cidadania publicou, no Diário Oficial da União de hoje (27), portaria com detalhes sobre o calendário de pagamentos e saques do auxílio emergencial, instituído pela Lei nº 13.982.


Segundo a portaria, a primeira parcela (Ciclo 5) do auxílio será paga a partir do dia 30 de novembro aos elegíveis nos procedimentos de contestação via plataforma digital; via endereço eletrônico da Dataprev; e para aqueles que tiveram o pagamento reavaliado em novembro de 2020, decorrente de atualizações de dados governamentais e verificações por meio de bases de dados oficiais.


Já os créditos do Ciclo 6 (segunda, terceira, quarta e quinta parcelas do auxílio emergencial) serão disponibilizados entre os dias 13 e 29 de dezembro.

O dia exato para recebimento do benefício varia em função do mês de nascimento do beneficiário. Para saber o dia em que os valores serão depositados, veja o anexo da portaria.


Saques


A fim de evitar aglomerações em agências bancárias, o mês de nascimento do beneficiado foi também o critério adotado para saques em dinheiro - neste caso, entre 19 de dezembro de 2020 e 27 de janeiro de 2021, tanto para o Ciclo 5 como para o 6.


Segundo a portaria, eventuais saldos existentes nas poupanças sociais digitais serão transferidos automaticamente para a conta em que o beneficiário houver indicado por meio da plataforma digital.


Criado em abril pelo governo federal, o auxílio emergencial, pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães solteiras, foi estendido até 31 de dezembro por meio da Medida Provisória (MP) 1000. O auxílio emergencial extensão será pago em até quatro parcelas de R$ 300 cada e, no caso das mães chefes de família monoparental, o valor é de R$ 600.


Quanto aos beneficiários do Bolsa Família, eles recebem o valor do programa complementado pela extensão do auxílio emergencial em até R$ 300 ou R$ 600 para mães solteiras. Se o valor do Bolsa Família for igual ou maior que R$ 300 ou R$ 600, o beneficiário receberá o valor do Bolsa Família, sempre privilegiando o benefício de maior valor.

O dinheiro pode ser sacado nas agências da Caixa Econômica Federal e lotéricas, entre outros pontos.


Fonte: Agência Brasil

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

15/01/2021 12:52 - Ipea aponta inflação de 6,22% para as famílias mais pobres em 2020
15/01/2021 11:45 - Após 6 altas seguidas, vendas do comércio caem 0,1% em novembro
14/01/2021 15:30 - Pandemia provoca perda média no faturamento do comércio do Rio
14/01/2021 15:20 - FGV: Indicador Antecedente da Economia subiu em dezembro de 2020
14/01/2021 15:19 - Intenção de Consumo das Famílias sobe 0,7% em janeiro
14/01/2021 13:19 - IBGE: indústria cresce em dez dos 15 locais pesquisados em novembro
13/01/2021 15:29 - Mercado brasileiro de cartões deve crescer até 20% neste ano, prevê Abecs
13/01/2021 15:14 - Produção de arroz e feijão será menor na safra 2020/2021, mas consumo também recua, diz Conab
13/01/2021 12:52 - IBGE: setor de serviço sobe 2,6% em novembro, sexta alta consecutiva
13/01/2021 12:51 - Confiança do empresário industrial recua em janeiro
12/01/2021 17:06 - Inflação de 2020 foi melhor que previsão anterior, diz diretor do BC
12/01/2021 15:06 - Inflação para famílias com menor renda fecha 2020 com alta de 5,45%
12/01/2021 15:04 - Prévia aponta alta de 1,89% do IGP-M em janeiro
12/01/2021 11:33 - IPCA: inflação oficial fecha 2020 em 4,52%, maior alta desde 2016
11/01/2021 16:00 - Cesta básica fica mais cara em todas as capitais ao longo de 2020, aponta Dieese

Veja mais >>>