Setor de bebidas cresceu 65,6% em maio, diz IBGE

Leia em 1min

A produção nacional de bebidas cresceu 65,6% em maio frente a abril em período de pandemia de coronavírus, de acordo com a PIM (Pesquisa Industrial Mensal), divulgada na quinta-feira (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Apesar do resultado positivo, o crescimento não foi suficiente para reverter a queda de 26,3% acumulada em março e abril. Segundo o IBGE, os dados refletem os impactos da pandemia de coronavírus na economia brasileira.

Para o gerente da pesquisa, André Macedo, “a partir do último terço de março, várias plantas industriais precisaram adaptar formatos de produção e de vendas para atender o atual cenário”.
O mês de maio já demonstra algum tipo de volta à produção, mas a expansão de 65,6%, apesar de ter sido a mais elevada desde março deste ano, eliminou parte da redução d 49,6% acumulada nos meses de março e abril de 2020.

Setor em crescimento


Para João Sattamini, do grupo Organique, por exemplo, o desempenho do setor se reflete nas atividades impulsionadas, em grande maioria, pelas fábricas. “Começamos a programar para a retomada nos Estados Unidos, país onde o crescimento de bebidas energéticas cresceu 30% nos últimos 6 anos. Mas, durante a pandemia nossas vendas cresceram 200% com a ajuda do e-commerce, um dos canais de viabilização para chegarmos ao consumidor final”, conclui.


Fonte: Newtrade 


Veja também

Pró-vinho lança campanha #VemProVinho2020

  Conforme pesquisa realizada pela Ideal Consulting, a importação de vinho no primeiro quadrimes...

Veja mais
Preço do leite sobe 10,4% nos últimos cinco meses em Belém, aponta Dieese

O leite comercializado em Belém teve alta acumulada de 10,39% de janeiro a maio deste ano, segundo o Departamento...

Veja mais
Pão de Açúcar lança projeto para incentivar microcervejarias

O Pão de Açúcar lança nesta semana o projeto “Incentive uma Microcervejaria” &nd...

Veja mais
Ambev faz arco-íris de caminhões e pede sua ajuda na ação #OrgulhoNãoPara

A fabricante de bebidas Ambev reuniu suas marcas (Budweiser, do bem, SKOL, Guaraná Antarctica, Antarctica e Skol ...

Veja mais
Setor de bebidas alcoólicas se mobiliza contra a crise

Desde que o isolamento social começou, em meados de março, por conta do coronavírus, o setor de beb...

Veja mais
Procura por bebidas alcoólicas aumenta na quarentena

Uma pesquisa realizada pelo Compre&Confie - rede de mercado online que realiza pesquisas de satisfação...

Veja mais
Dona da Ambev quer digitalizar o pequeno varejo

A Anheuser-Busch InBev (ABI), multinacional belga dona da Ambev, criou a Z.Tech, empresa de tecnologia que aposta em uma...

Veja mais
Ambev, Heineken, Coca-Cola e outras empresas se unem e investem R$ 370 milhões

Oito grandes empresas do setor de alimentos e bebidas firmaram uma coalizão para apoiar o pequeno varejo na reabe...

Veja mais
Coca-Cola e outros gigantes montam operação para ajudar pequenos varejistas

Depois de dois meses de “pausa publicitária”, a Coca-Cola vai voltar aos intervalos comerciais. A emp...

Veja mais