Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Sustentabilidade

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Sustentabilidade

22/10/2019 11:55 - Ambev lançará primeira água mineral em lata do Brasil até fim de 2019

A Ambev SA lançará a primeira água mineral em lata do Brasil até o fim do ano, acompanhando uma tendência global entre fabricantes de bebidas, que vêm substituindo o plástico por alumínio para atender às exigências de consumidores cada vez mais conscientes em relação ao meio ambiente.

 

A iniciativa faz parte de um esforço mais amplo da matriz Anheuser Busch InBev para cumprir metas ambiciosas de sustentabilidade em suas operações globalmente e surge num momento em que outras multinacionais como Coca-Cola, PepsiCo e Nestlé também lançam águas em alta mundo afora.

 

No Brasil, a Ambev começará produzindo a versão em lata de sua marca de água mineral AMA em uma cervejaria no Rio de Janeiro, mas o plano é distribuir o produto para todo o país, disse o chefe de sustentabilidade da companhia, Richard Lee, em entrevista à Reuters.

 

Ele recusou-se a entrar em detalhes sobre os investimentos necessários, mas alertou que o envase da água em lata não exigirá novos maquinários. O executivo acrescentou que o preço de venda provavelmente será mais baixo, ainda que o custo de produção na lata em alumínio seja maior que no plástico.

 

“É mais caro trabalhar com a lata que com o plástico, mas o que importa é o impacto. Não só as latas de alumínio são amplamente recicladas aqui como também são fonte de renda para milhares de famílias”, afirmou Lee, destacando que o Brasil é líder em reciclagem de latas de alumínio no mundo.

 

Mais de 97% de todas as latas de alumínio para bebida são recicladas no país, conforme dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas) e da Associação Brasileira do Alumínio (Abal).

 

Por outro lado, o plástico tem uma taxa de reciclagem significativamente menor que a do alumínio e, consequentemente, está entre os materiais que mais poluem os oceanos.

 

“Estamos otimistas com as vendas e esperamos que a AMA em lata em 2020 venda volume maior que a soma de 2017 e 2018 com a garrafa tradicional de plástico”, contou Lee, acrescentando que a companhia vendeu mais de 12 milhões de unidades neste período de dois anos.

 

Só no primeiro semestre de 2019, foram vendidas 3,4 milhões de unidades da AMA, mostrou o balanço mais recente da Ambev.

 

Lançada em 2017, a AMA é uma marca de água cujo lucro é completamente destinado para projetos de acesso à água potável em comunidades do semiárido brasileiro. A empresa espera encerrar 2019 com 50 projetos financiados e mais de 43 mil pessoas beneficiadas, segundo o executivo.

 

Apesar do entusiasmo com a nova embalagem, Lee disse que a Ambev não planeja eliminar completamente as garrafas de plástico do seu portfólio, pelo menos por enquanto. Mas a crescente adoção de latas em alumínio é tendência também entre suas marcas de cerveja, conforme a empresa busca oferecer mais opções aos consumidores.

 

Fonte: Reuters

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

20/02/2020 11:39 - Ambev vai transformar lixo em lixeiras
18/02/2020 11:18 - Lei que proíbe canudos de plástico começa a ser aplicada em São Paulo
14/02/2020 12:51 - Dove troca embalagens vazias por produtos novos
13/02/2020 12:52 - Do consumidor para o comércio e indústria: logística reversa em Mato Grosso do Sul
11/02/2020 15:43 - Consumidores têm dificuldade em identificar sustentabilidade nas marcas
07/02/2020 12:29 - Nestlé lança bot pelo WhatsApp que tira dúvidas sobre reciclagem
06/02/2020 12:24 - Startup Transforma Lixo em Dinheiro
06/02/2020 11:50 - Varejo acelera troca de plástico descartável
04/02/2020 16:28 - Proibição a canudos plásticos já está valendo em Porto Alegre
03/02/2020 13:08 - Bagaço da cana-de-açúcar pode se tornar substituto do petróleo na fabricação de plásticos

Veja mais >>>