Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 











Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

17/04/2020 10:52 - IPC deve mostrar alta de Alimentação e queda nos demais grupos, diz Fipe

O comportamento do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) ao longo de abril confirma o viés desinflacionário da crise causada pela pandemia do coronavírus no Brasil, diz o coordenador do indicador, Guilherme Moreira.

 

Na segunda quadrissemana do mês, o IPC recuou 0,03%, após avançar 0,03% na primeira. De acordo com o economista, a única pressão observada no indicador parte do grupo Alimentação, que subiu 1,34% nesta divulgação (de 1,11% na anterior), provavelmente puxado pelo efeito da corrida aos supermercados.

 

“Temos aumento de leite longa vida (5,65%) e de ovos (5,44%) acima do padrão sazonal, o que sinaliza que há uma pressão de demanda. A Alimentação também continua subindo nas leituras de ponta, mas é a única fonte de pressão à vista”, explica Moreira.

 

No entanto, a queda de demanda por itens de outros grupos começou a dificultar, inclusive, a coleta de preços pela Fipe, que já enfrentou problemas para conseguir dados sobre o grupo de Vestuário (0,12%), além de itens específicos como viagens (-14,0%).

 

“A confiança do consumidor despencou e estamos vendo que tem itens que nem sequer conseguem ser ofertados, tanto pela quarentena quanto pela queda de renda das pessoas. Você vai ter uma formação muito grande de estoques e isso vai manter a inflação do ano em níveis baixos”, afirma o analista.

 

Para o fechamento de abril, a Fipe projeta IPC com variação nula (0,0%), puxado para cima pela Alimentação (1,24%) e pela Saúde (0,52%), mas com pressão para baixo de Habitação (-0,23%), Transportes (-1,19%), Despesas Pessoais (-0,62%), Vestuário (-0,01%) e estabilidade nos preços da Educação (0,0%).

A estimativa da Fipe é que o IPC chegue a 2,80% no fim do ano.

 

Moreira diz que não planeja rever a projeção por ora, mas que não descarta uma redução. “Pode acontecer. A queda das expectativas para inflação é muito intensa”, afirma.

 

Fonte: Isto é Dinheiro 


 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

02/06/2020 16:44 - Confiança do empresário do comércio em maio tem a maior queda da série, diz CNC
02/06/2020 16:34 - Caixa libera saques e transferências da 2ª parcela para nascidos em março
02/06/2020 16:26 - Após queda do PIB, governo quer incentivar exportações
02/06/2020 16:16 - BC defende manutenção de meta de inflação para 2020
02/06/2020 16:07 - O desemprego na pandemia: mais que Direito e Economia
02/06/2020 15:55 - O impacto da pandemia nos mercados financeiros
02/06/2020 14:22 - Governo oferece garantia em empréstimo para pequena e média empresa
01/06/2020 16:00 - FGV: confiança empresarial sobe 9,8 pontos em maio ante abril, para 65,5 pontos
01/06/2020 15:58 - Caixa credita auxílio emergencial em contas dos beneficiários
01/06/2020 15:53 - Analistas do mercado estimam tombo de 6,25% para o PIB em 2020
01/06/2020 15:47 - Os sinais da desconfiança do capital externo
01/06/2020 15:28 - Cesta básica custa R$ 90 a mais do que no ano passado
29/05/2020 16:05 - Com pandemia, PIB do Brasil encolhe 1,5% no 1º trimestre e regride ao patamar de 2012
29/05/2020 15:53 - Faturamento caiu em mais de 80% das indústrias nos últimos 45 dias
29/05/2020 15:51 - Taxa Selic e os indícios de novos cortes

Veja mais >>>