Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 











Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

18/03/2020 16:40 - Pandemia do Coronavírus já impacta vendas no Brasil

O comércio varejista brasileiro já sentiu o baque nas vendas por conta das medidas seguidas pela população para prevenir a propagação da epidemia do coronavírus, que incluem a menor circulação de pessoas em ambientes públicos, como shopping centers, por exemplo.

 

Entre o sábado e o domingo, as consultas para vendas à vista e a prazo nas lojas, excluindo os supermercados, caíram dois dígitos em relação a igual período do ano passado e também na comparação com o fim de semana anterior.

 

Levantamento feito pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), com base na amostra nacional fornecida pela Boa Vista Serviços, aponta recuo de 16,7% nas consultas para negócios à vista e a prazo em relação ao mesmo fim de semana do ano passado. Em relação ao fim de semana anterior, a queda foi de 16,3%.

 

“É uma retração forte. Daqui para frente, os efeitos no varejo dependerão das medidas que serão tomadas”, afirma o economista-chefe da ACSP, Marcel Solimeo.

 

Ele destaca que antes do fim de semana e da adoção de medidas emergenciais de prevenção, as vendas no varejo neste mês cresciam 5,3% só na cidade de São Paulo na comparação com março do ano passado. Considerando o mesmo número de dias, o desempenho era estável nessa base de comparação.

 

“Hoje, o ambiente é de muita incerteza e, por isso, não é possível reavaliar as projeções feitas para o desempenho do varejo neste ano”, diz Solimeo. A expectativa inicial era de que o comércio varejista fechasse este ano com um avanço entre 2% e 3% sobre 2019.

 

Solimeo acredita, no entanto, que, passado o pico do epidemia, essa perda de vendas seja revertida e até possa ser compensada, porque o consumidor deve voltar às compras que foram adiadas em razão da crise de saúde pública. Já as empresas prestadoras de serviços, como bares e restaurantes, por exemplo, devem ser mais castigadas do que as lojas, porque a demanda perdida não será compensada mais para a frente.

 

Um ponto de preocupação, segundo o economista, são as lojas que estão muito endividadas e com dificuldade de capital de giro. “Nesse caso, a queda na demanda poderá ser fatal.”


Fonte: Exame

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

09/04/2020 12:21 - Entenda como será o novo saque de R$ 1,045 do FGTS a partir de junho
09/04/2020 12:19 - MPEs responden por 30% do PIB brasileiro
09/04/2020 12:18 - Setor de serviços recua e preocupa em meio à pandemia
09/04/2020 10:54 - 2,5 milhões receberam auxílio emergencial de R$ 600 nesta quinta
09/04/2020 10:12 - Inflação oficial desacelera para 0,07% em março, menor taxa para o mês desde 1995
08/04/2020 10:19 - Governo libera saque de mais R$ 1.045 de contas ativas e inativas do FGTS
07/04/2020 10:26 - Caixa lança site e aplicativo para solicitar auxílio emergencial de R$ 600
06/04/2020 16:14 - ACSP faz uma radiografia da situação do comércio em meio à pandemia
06/04/2020 10:44 - Coronavírus muda hábitos de consumo e aumenta demanda por itens da cesta básica
06/04/2020 10:13 - Mercado financeiro reduz previsão para o PIB pela 8ª semana seguida.
03/04/2020 11:32 - Varejo brasileiro perde 21% de faturamento em março
03/04/2020 11:03 - Medidas econômicas na crise do coronavírus: veja perguntas e respostas
03/04/2020 10:52 - PIS/Pasep: governo antecipa fim do prazo para saque do abono salarial 2019-2020
03/04/2020 10:50 - Inflação da baixa renda acelera para 0,49% em março, mostra FGV
02/04/2020 12:04 - Bolsonaro sanciona auxílio de R$ 600 com vetos; saiba o que muda no projeto

Veja mais >>>