Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Economia

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Economia

05/09/2019 11:39 - Bolsonaro pediu estudos para alteração da lei do teto de gastos, diz porta-voz

O presidente Jair Bolsonaro pediu à equipe econômica que estude formas para alterar a regra constitucional do teto de gastos, que limita o crescimento das despesas públicas ao percentual da inflação do ano anterior, confirmou nesta quarta-feira o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros.

 

“O presidente da República defende uma mudança nessa lei, porque se isso não for feito, nos próximos anos, a tendência é o governo ficar sem recursos para pagar despesas de manutenção da máquina pública”, disse o porta-voz.

 

Segundo fontes da equipe econômica, contudo, o Ministério da Economia não trabalha com a flexibilização do teto ou cogita excepcionalizar despesas específicas, como investimentos, da limitação.

 

Em condição de anonimato, duas fontes da pasta afirmaram à Reuters que o trabalho no ministério é por mudanças na dinâmica dos gastos obrigatórios, que têm crescido acima da inflação e comprimido o espaço das despesas discricionárias, que abarcam custeio e investimentos públicos.

 

Antes da fala do porta-voz, o presidente Jair Bolsonaro participou de reunião sobre reforma tributária no prédio do Ministério da Economia, mas o tema do teto de gastos não fez parte das discussões, segundo uma das fontes.

 

Mais cedo, em entrevista na saída do Palácio da Alvorada, o presidente havia indicado que era favorável a mudanças na lei, aprovada em 2016 no governo do ex-presidente Michel Temer como uma medida de austeridade fiscal.

 

“Temos um Orçamento, tem as despesas obrigatórias, estão subindo. Acho que daqui a dois ou três anos vai zerar as despesas discricionárias. É isso? Isso é uma questão de matemática, nem preciso responder para você, isso é matemática”, disse Bolsonaro.

 

Segundo o porta-voz, o presidente defende que a dinâmica das despesas obrigatórias precisa ser mudada e que a partir de 2021 o teto de gastos já será um problema para o país e faltará recursos para investimentos.

 

“O governo não irá exigir mais impostos da sociedade para conseguir equilibrar as contas públicas. Então é preciso mudar a dinâmica das despesas obrigatórias”, afirmou, acrescentando que a equipe econômica estuda alternativas.

 

Fonte: Reuters

 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

17/01/2020 12:51 - São Paulo terá semana de descontos
16/01/2020 12:12 - 'Prévia' do PIB do BC registra alta de 0,18% em novembro
15/01/2020 15:37 - Com carnes, inflação dos mais pobres sobe bem mais do que a dos ricos, diz Ipea
15/01/2020 13:10 - “O crescimento da indústria é forte e pode superar o aumento do PIB”, aponta FIESP
14/01/2020 13:24 - Após dois meses de alta, setor de serviços cai 0,1% em novembro
14/01/2020 13:12 - Governo aumenta para 2,40% previsão de alta do PIB em 2020
13/01/2020 12:51 - Em 2019, carne e feijão foram os vilões da inflação
13/01/2020 12:46 - Alimentos puxaram inflação em 2019 e sofrerão nova pressão em 2020
13/01/2020 12:43 - Mercado financeiro baixa para 3,58% a previsão de inflação para 2020
13/01/2020 12:28 - Mercado reduz expectativa de inflação em 2020 e vê dólar mais baixo

Veja mais >>>