Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 
Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Carnes / Peixes

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Carnes / Peixes

19/11/2018 11:35 - Desempenho do frango vivo na 3ª semana de novembro

Na terceira semana de novembro (11 a 17, cinco dias de negócios) as condições de comercialização do frango vivo disponibilizado no interior paulista apenas se agravaram. Ainda que o preço menor, alcançado na semana anterior, tenha permanecido inalterado.

 

Em outras palavras, o preço referencial alcançado no último dia 7 – quando, numa redução de 10 centavos, o frango vivo passou a ser cotado a R$3,00/kg – não sofreu qualquer alteração. Mas o piso das negociações, iniciadas com descontos de até 20 centavos, se ampliou de forma significativa, chegando agora a 50 centavos.

 

Isto significa que boa parte dos negócios efetivados volta a ser realizada nos mesmos níveis observados no período pré-greve dos caminhoneiros (segunda quinzena de maio), ocasião em que, por cerca de duas semanas, prevaleceu como cotação-base o valor de R$2,50/kg.

 

A grande diferença entre esses dois momentos é que, lá atrás, graças a uma readequação da produção a um mercado visivelmente recessivo, o produto (independente até dos efeitos da greve) valorizou-se de forma rápida e significativa, a ponto de atingir, nominalmente, as melhores cotações de todos os tempos.

 

Agora, infelizmente, a tendência é, apenas, de desvalorização. Porque estamos na segunda quinzena do mês. Mas porque, principalmente, as integrações – ao tentarem preservar os preços da ave abatida – colocam no mercado de aves vivas parte da própria produção. Como se isso não interferisse, de alguma forma, nos preços de seu produto.

 

Repetindo o que foi dito há uma semana, é até provável que a atual cotação referencial permaneça inalterada no decêndio final do mês. Mas o fechamento de negócios com descontos crescentes pode se ampliar. Inclusive porque vêm ocorrendo atrasos na retirada de lotes, o que gera sensíveis aumentos de peso e desconformidade com os padrões normais. A saída, nestes casos, é a ampliação dos descontos.

 

A registrar, ainda, que esse drama se concentra no produtor paulista. Pois, em Minas Gerais, o mercado permanece firme, com o frango vivo sendo comercializado por R$3,20/kg há 10 semanas, ou seja, desde 10 de setembro passado.

 

Fonte: AviSite

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

20/02/2020 11:02 - Pecuarista investe mais na produção de carne bovina em 2019 e setor projeta preços altos
03/02/2020 12:38 - Embrapa desenvolve hambúrguer sem carne
30/01/2020 12:00 - Demanda chinesa por carne continuará elevada em 2020 por efeito de peste suína
29/01/2020 12:55 - Após semanas de desvalorização, carne bovina reage no varejo
28/01/2020 13:04 - Importação chinesa de carne aumenta 95,4% em dezembro
22/01/2020 12:42 - Carne bovina: China não quer mais pagar preço alto e propõe renegociação
21/01/2020 12:34 - Carne desbanca tomate do posto de vilão dos preços
09/01/2020 13:24 - China prevê importar mais carne suína e liberar novos volumes das reservas estatais
08/01/2020 12:57 - Carne de laboratório pode chegar aos supermercados
03/01/2020 16:57 - Preço da carne cai para frigoríficos e deve chegar ao consumidor

Veja mais >>>