Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 













Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Geral

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Geral

06/10/2020 15:58 - Segundo semestre se inicia com aumento expressivo de vendas no varejo

O segundo semestre do ano começou positivo para o varejo paulista: o setor registrou um crescimento de 6,8% nas receitas em julho em relação ao mesmo período de 2019 – o melhor resultado da série histórica para um mês de julho. No total, o setor faturou R$ 66,3 bilhões no mês, segundo a Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista no Estado de São Paulo (PCCV), da FecomercioSP.

Considerando o acumulado dos últimos 12 meses, entre julho do ano passado e o mesmo mês de 2020, a alta foi de 1,7%.

Das nove atividades analisadas pela pesquisa, seis registraram recordes para o mês dentro da série histórica, configurando o melhor julho dos últimos 13 anos para dois terços dos ramos varejistas pesquisados. Além dos supermercados, os destaques de julho ficaram por conta das atividades de materiais de construção (alta de 25,7% em relação a 2019) e lojas de eletrodomésticos (17,1%).

Os resultados se mostram animadores após um primeiro semestre de baixas: o varejo paulista encerrou o período de janeiro até julho com queda de 1,8% no faturamento real, em comparação ao mesmo período (janeiro a julho) do ano passado. Em números absolutos, isso significa um montante de R$ 7,5 bilhões a menos nas receitas do setor no estado.

Encabeçado pelos bons resultados dos supermercados durante a pandemia de covid-19, pela retomada do ritmo em atividades como as das lojas de eletrodomésticos e de móveis, principalmente a partir de junho – e pelos resultados históricos registrados em julho –, o encolhimento das vendas nos primeiros sete meses do ano foi menor do que se esperava: até maio, essa queda era de 4,5%; em junho, de 3,3%; e, agora, 1,8%.

A recuperação lenta do setor, apesar de comemorada, torna remota a possibilidade de qualquer retorno generalizado a um cenário de movimento mais intenso, como nos padrões pré-pandemia, diz a FecomercioSP.
Entre janeiro e julho, o varejo paulista vendeu pouco mais de R$ 414 bilhões – liderado pelos supermercados, cujas receitas se mantiveram dentro da média de R$ 22,6 bilhões por mês.

O que explica os resultados?

Segundo a FecomercioSP, os números apresentados pela pesquisa refletem as consequências das restrições nos fluxos de pessoas por causa da pandemia, implementadas gradativamente desde março. Neste cenário, a população manteve o consumo de bens essenciais (em supermercados e farmácias) e reduziu a demanda por produtos como roupas e móveis, por exemplo.

É possível notar também a influência da chegada do auxílio emergencial às famílias a partir de abril, principalmente em atividades como materiais de construção. Os resultados apontam que o último trimestre do ano, em que as pessoas normalmente fazem as compras de Natal, será determinante para o resultado do varejo paulista em 2020 – isso em um cenário cujo valor do auxílio emergencial do governo federal já terá caído pela metade.

Para a Entidade, os empresários do varejo deverão levar em conta ainda aspectos muito relevantes: décimo terceiro salário menor do que em 2019, redução do valor do auxílio, aumento do endividamento de famílias e empresários, apreensão quanto ao futuro do emprego em 2021 e tendência de menos pessoas circulando, ainda preocupadas com a pandemia.


Fonte: Fecomércio 

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

21/10/2020 15:04 - Parcerias e promoções sazonais podem ser uma boa opção
21/10/2020 14:31 - Consumo de orgânicos aumenta na pandemia, aponta Organis
20/10/2020 14:27 - Pandemia faz triplicar número de brasileiros que compram produtos domésticos pela internet
19/10/2020 10:58 - Governo zera imposto de importação da soja e do milho
19/10/2020 10:58 - Governo zera imposto de importação da soja e do milho
08/10/2020 13:42 - Anvisa aprova norma sobre rotulagem nutricional
08/10/2020 13:05 - Conab prevê produção recorde de grãos na safra 2020/21
08/10/2020 12:21 - IBGE prevê safra recorde de 252 milhões de toneladas em 2020
05/10/2020 14:49 - Varejo deve ter vendas até 40% menores neste ano, projeta Ibevar
05/10/2020 14:18 - Dia das Crianças: apesar da pandemia, setor de brinquedos espera vender mais
05/10/2020 14:11 - Venda de alimentos e bebidas crescem105% no 1° semestre
30/09/2020 14:24 - Coronavírus: Nestlé precisou inovar para não deixar faltar alimentos durante pandemia
30/09/2020 14:20 - A expectativa para a votação sobre rótulos de alimentos na Anvisa
29/09/2020 14:50 - Pesquisa revela forte presença do varejo online no cotidiano da população acima de 60 anos
29/09/2020 14:40 - Pesquisa revela que brasileiro desconhece presença do açúcar nos alimentos

Veja mais >>>