Notícias do setor
Economia
Jurídico
Tecnologia
Marketing
Bebidas
Carnes / Peixes
Notícias Abras
Geral
Redes de Supermercados
Sustentabilidade
 











Você está em:
  • Notícias do setor »
  • Geral

Notícias do setor - Clipping dos principais jornais e revistas do Brasil

RSS Geral

29/07/2020 15:57 - Preço do leite ao produtor sobe 1,82% em julho

A projeção para o valor de referência do leite no Rio Grande do Sul em julho é de R$ 1,4244, alta de 1,82% em relação ao consolidado de junho (R$ 1,3989). A estimativa foi apresentada na reunião virtual do Conselho Paritário de Produtores e Indústrias de Leite (Conseleite) na terça-feira (28) e indica estabilidade de mercado, com recomposição do preço dos queijos.

O professor de Ciências Econômicas Marco Antônio Montoya, da Universidade de Passo Fundo (UPF), pontuou que, com a concentração do consumo dentro das residências em função quarentena, o que se vê é uma valorização dos alimentos. Segundo o levantamento do Conseleite, a maioria dos derivados lácteos no primeiro semestre de 2020 está acima dos valores praticados no mesmo período de 2019. Contudo, com o avanço da safra e o típico aumento de produção no segundo semestre do ano, a tendência é que os preços se mantenham nesse patamar.

O presidente do Conseleite, Rodrigo Rizzo, reforçou que a estabilidade do leite no Rio Grande do Sul segue tendência também verificada em outros itens da cesta básica, mas alertou que o momento é de cautela. “A variação cambial tem ajudado. Estamos vivendo um bom momento, mas é preciso atenção com investimentos”, alertou.

A posição foi reforçada pelo vice-presidente do Conseleite, Alexandre Guerra, que informou que o câmbio no atual patamar deixou o leite importado pouco competitivo no mercado nacional, favorecendo a produção local. De acordo com Guerra, a estabilidade do mercado nos meses de junho e julho traz alento a um setor que enfrentou muita pressão ao longo dos últimos anos. “Deixamos para trás a volatilidade registrada em março e abril e entramos em um cenário de estabilidade em junho e julho, um patamar necessário para o setor se manter”, completou.

Outro fator citado pelo Conseleite para fomento ao consumo de alimentos foi o auxílio emergencial concedido pelo governo federal às famílias de baixa renda. “Esse valor de R$ 600,00 tem sido revertido para consumo de alimentos em casa”, destacou Rizzo.


Fonte: Jornal do Comercio  

Enviar para um amigo
Envie para um amigo
[x]
Seu nome:
E-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Comentário
 

 

Veja mais >>>

18/09/2020 13:40 - Governo cria Rede de Bancos de Alimentos para combater desperdício
18/09/2020 13:38 - Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor
17/09/2020 15:24 - SiteMercado: veja quem é a nova startup comprada pelo iFood
17/09/2020 13:10 - IBGE: insegurança alimentar grave atinge 10,3 milhões de brasileiros
16/09/2020 15:21 - 7 tendências que ajudarão o varejo a se reerguer no pós-Covid
16/09/2020 15:19 - Black Friday brasileira: vendas caem 8,3% em relação a 2019, diz Cielo
15/09/2020 15:50 - Setor de alimentos e bebidas cresce 150% no digital durante a quarentena
11/09/2020 15:42 - Nestlé vai investir mais de R$ 500 milhões na produção de chocolates e biscoitos
03/09/2020 16:19 - Chocolates continuam sendo uma válvula de escape
03/09/2020 15:45 - Varejo moderno tem crescimento de 13,6% no primeiro semestre de 2020
02/09/2020 15:16 - Agronegócio passa ileso à tombo recorde do PIB no 2° trimestre
31/08/2020 17:16 - Cresce consumo de marcas locais e próprias no Brasil
27/08/2020 16:52 - Agropecuária abre mais de 85 mil postos de trabalho de janeiro a julho, diz CNA
27/08/2020 16:04 - Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor nesta quinta-feira
25/08/2020 16:04 - Pandemia leva consumidores a trocar pontos/milhas por itens do varejo

Veja mais >>>