(299)
Jurídico
Apresentação
Membros do Comitê
» Notícias Jurídicas
 
Você está em:

Comitês

Evento do RAMA debate importância das boas práticas na cadeia produtiva e da conscientização do consumidor 27/10/2020 às 18h

  
O evento do Programa de Rastreabilidade e Monitoramento de Alimentos (RAMA) da Associação Brasileira de Supermercados realizado na segunda-feira (26), na Convenção ABRAS virtual, trouxe especialistas para debater a importância das boas práticas na cadeia produtiva de alimentos e a necessidade da conscientização do consumidor sobre a relevância em adquirir produtos de qualidade e rastreados.


Os trabalhos do RAMA foram elogiados pelo presidente João Sanzovo Neto na abertura do evento. "O programa é um grande orgulho para nós. Lançado em 2012, com o apoio do Mapa e da Anvisa, tem o principal objetivo de controlar o uso de defensivos agrícolas nas frutas, legumes e verduras (FLV) vendidos nos supermercados do país. E já é referência no que se refere à segurança do alimento", destacou.


Sanzovo falou ainda que a produção de FLV está passando por uma profunda transformação, com novas regras e leis, e que a melhor maneira de lidar com essa realidade é conscientizar toda a cadeia sobre a relevância de um trabalho colaborativo entre produtores e varejo. "Melhorar a qualidade das frutas, legumes e verduras comercializados no Brasil é uma tarefa que precisa ser compartilhada. A integração é fundamental quando falamos em boas práticas na produção de alimentos. Nós, da ABRAS, trabalhamos por um setor supermercadista mais forte, mais transparente e sustentável. Para que todos os produtos comercializados nas quase 90 mil lojas espalhadas pelo país tenham as melhores referências em qualidade", disse o presidente.


O coordenador do RAMA e superintendente da ABRAS, Marcio Milan, ressaltou a importância do trabalho de disseminação das boas práticas agrícolas proporcionado pelo programa, baseado nos três pilares básicos da ABRAS: comunicação, educação e transparência. "O Rama é um programa voluntário, colaborativo, e atua na conscientização de cada elo da cadeia, de produtores a consumidores."


Referência no agronegócio brasileiro, o professor José Luiz Tejon foi um dos palestrantes do evento. Na oportunidade falou da significativa jornada iniciada pelo RAMA desde 2012, e disse que vê no setor supermercadista uma grande oportunidade para atuar na educação colaborativa de produtores, colaboradores e consumidores. "A comunicação no ponto de venda é fundamental, queremos transformar o setor supermercadista em ponto de educação do consumidor, da nutrição, e da saúde humana."


Tejon fez ainda a apresentação da nova comunicação do RAMA, elaborada em parceria com a ABRAS, que será disponibilizada em breve para o setor. "Desenvolvemos materiais para mostrar a importância do RAMA no ponto de venda, que destaca a diferença de um produtor inserido no programa e a relevância do consumidor consciente."


A representante da Produce Marketing Association (PMA) no Brasil, Valeska de Oliveira Ciré, comentou em sua participação o aumento no consumo de frutas, legumes e verduras gerado pela pandemia, e falou da necessidade de adequação da venda de FLV no e-commerce. Dentre as tendências do mercado de consumo citadas pela executiva para os próximos meses estão a busca por hábitos saudáveis, impulsionada pela alimentação dentro do lar, além da importância da qualificação e inclusão na indústria de FLV, e da valorização do propósito da empresa para gerar engajamento.


Painéis


O diretor executivo da Paripassu, empresa gestora do programa, Giampaolo Buso, foi moderador do painel Mulheres do Rama, que contou com as presenças da gerente de Segurança Alimentar e Qualidade do Carrefour, Julia Carlini, da coordenadora de Segurança de Alimentos da Coop, Débora Consenza, e da assessora de Comunicação da Associação Sergipana de Supermercados (ASES), Emilly Moura. Na ocasião as convidadas citaram a fácil gestão do programa RAMA, e debateram os desafios que o setor supermercadista encontra para garantir um alimento seguro, um trabalho que segundo as convidadas deve envolver toda a cadeia de produção. Elas também consideraram a comunicação mais simplificada e clara sobre a rastreabilidade no ponto de venda como fundamental no processo de conscientização do consumidor.


O superintendente da Associação Paulista de Supermercados (APAS), Carlos Correa, moderou o último painel do evento, denominado Rastreabilidade Colaborativa e o Consumidor, que contou com a participação da superintendente do Ministério da Agricultura (Mapa), Andréa Moura, e da promotora de Justiça, Ana Beatriz Frontini. 
Ana Beatriz reforçou a necessidade de envolvimento de todos os setores da cadeia produtiva para garantir alimentos seguros, e destacou a necessidade de conscientizar os consumidores para exigirem produtos rastreados nas lojas. Ana lembrou ainda do Código de Defesa do Consumidor, que completou recentemente 30 anos de existência, com a garantia do direito dos consumidores de adquirir produtos seguros.


Andreia Moura falou do programa do Mapa no controle de resíduos e contaminantes químicos e biológicos. E do desafio de se trabalhar a capacitação dos produtores, considerando as realidades diferentes de cada fornecedor, destacando que a grande maioria é proveniente da agricultura familiar. Elogiou os avanços do Brasil na implantação da rastreabilidade, e citou o RAMA como uma ótima ferramenta, que soma esforços dos órgãos oficiais para segurança do consumidor, e colocou o Mapa à disposição da ABRAS e da APAS no trabalho de oferecer mais segurança em relação aos produtos vegetais.


Balanço


Durante o evento foi divulgado o Balanço do Programa RAMA, que rastreou no ano passado 1,9 milhão de toneladas de FLV ante 1,4 milhão de toneladas em 2018. Atuante em 10 estados brasileiros, o RAMA está presente em 264 municípios, com 948 fornecedores. Já soma 832 visitas realizadas, 1.300 treinamentos, e 6,5 mil atendimentos.


Premiação RAMA


Durante o evento do RAMA aconteceu a premiação de empresas que são referência no programa, com base na qualidade do processo de rastreabilidade, conformidade de análise de resíduos analisados e resultados conjuntos com os fornecedores.


O evento do RAMA na Convenção ABRAS 2020 contou com os patrocínios especiais das empresas: Bayer, Benafrutti, HBS, Paripassu, PMA, Rio Bonito, My Sweet Salad, e Trebeschi.


Veja mais sobre o RAMA.


Veja a programação do evento.



Patrocinadores

 

A 54ª edição da Convenção ABRAS acontece até amanhã, 28/10. O evento conta com grandes empresas patrocinadoras:
Diamante: Ambev, Coca-Cola, GS1 Brasil, SRE - Super Rio Expofood e Unilever.
Prata: Alelo e Simplus
Apoio: Latam


Expositor Premium: Consinco by Totvs, Figueira da Costa, GfK, Kantar, Luminae, Infoprice, Nielsen, PBR, RP Info, Recours - Influence, RTC Brasil, Siga Cred e Top Sistemas.



A cobertura completa da Convenção ABRAS 2020 estará disponível na edição de novembro da revista SuperHiper.


Comunicação ABRAS

 




Clipping Portal ABRAS


Últimas

» Receita Federal atualiza normas referentes ao CNPJ 24 de Novembro 2020, às 16h
» Darf para pagamento de parcelamentos será emitido exclusivamente pela Internet 24 de Novembro 2020, às 16h
» Proposta prevê renegociação de dívidas tributárias para minimizar impacto da pandemia 24 de Novembro 2020, às 16h
» Justiça do Trabalho fará mobilização nacional para encerrar processos trabalhistas 24 de Novembro 2020, às 16h
» Pagamento em dobro de valor cobrado indevidamente pode ser pedido em embargos monitórios 24 de Novembro 2020, às 16h
» Prazos suspensos no TRT/RJ nos dias 23 e 24/11 24 de Novembro 2020, às 16h
» TRT 4ª Região – Bandeira Vermelha: Justiça do Trabalho terá atividades presenciais suspensas em 31 cidades a partir desta terça-feira 24 de Novembro 2020, às 16h
» BC modifica regulamento que disciplina funcionamento do Pix 23 de Novembro 2020, às 16h
» Receita anuncia regras para declaração do IRRF de 2020 23 de Novembro 2020, às 16h
» Empresa não é obrigada a cumprir oferta quando erro no preço for de fácil constatação 23 de Novembro 2020, às 16h

Ver mais »