(299)
Jurídico
Apresentação
Membros do Comitê
» Notícias Jurídicas
 
Você está em:

Comitês

CJF libera R$ 9,4 bilhões em precatórios alimentícios 23/03/2018 às 11h

 

Os valores serão pagos a mais de 97 mil pessoas, seguindo o calendário dos TRFs

 

O Conselho da Justiça Federal (CJF) liberou os recursos para pagamento dos precatórios alimentícios pelos Tribunais Regionais Federais (TRFs). Ao todo, serão R$ 9.422.122.314,99 relativos a 74.891 processos, o que beneficiará 97.630 pessoas.

 

Os precatórios de natureza alimentícia, nos termos do art. 100 da Constituição Federal, são decorrentes de salários, vencimentos, proventos, pensões e suas complementações, benefícios previdenciários e indenizações por morte ou por invalidez, fundadas em responsabilidade civil, em virtude de sentença judicial transitada em julgado.

 

O TRF da 1ª Região, que receberá o maior valor para o pagamento de precatórios, pagará R$ 2.882.971.398,08, em 20.755 processos, o que atenderá a 39.360 pessoas. Já o Tribunal Regional Federal da 2ª Região vai beneficiar 5.111 pessoas, em igual número de processos, com o pagamento de R$ 849.008.080,30 em precatórios alimentícios.

 

Os recursos destinados ao pagamento de 17.514 processos no TRF da 3ª Região totalizam R$ 2.341.896.603,02, e serão pagos a 17.514 beneficiários. O TRF da 4ª Região pagará R$ 1.988.556.672,38 em 23.949 processos, a 24.007 pessoas. Por fim, o TRF da 5ª Região, desembolsará R$ 1.359.689.561,21, relativos a 7.562 processos, o que beneficiará 11.638 pessoas.

 

O CJF esclarece que cabe aos TRFs o depósito junto às instituições financeiras oficiais - Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil -, de acordo com cronogramas próprios.

 

Fonte: CJF – 21.03.2018.

 




Clipping Portal ABRAS


Últimas

» Convenção ABRAS 2020 começa na próxima segunda-feira 21 de Outubro 2020, às 16h
» Suspensão de prazos de processos físicos no STF é prorrogada até 19 de dezembro 21 de Outubro 2020, às 15h
» TST adotará etapa preliminar para retorno ao trabalho presencial 21 de Outubro 2020, às 15h
» AUDIÊNCIAS PRESENCIAIS SÃO RETOMADAS PARCIALMENTE NA JUSTIÇA DO TRABALHO DE SÃO PAULO 21 de Outubro 2020, às 15h
» Juízo arbitral pode reanalisar mérito de sentença judicial em cautelar pré-arbitral, inclusive quanto a honorários 21 de Outubro 2020, às 15h
» Eleições 2020: protocolo deve ser seguido no dia da votação 21 de Outubro 2020, às 15h
» Presidente da ABRAS participa da abertura da Exposuper On-line 20 de Outubro 2020, às 18h
» Governo avança para a última regulamentação pendente da Lei de Liberdade Econômica 20 de Outubro 2020, às 15h
» NJ - Justiça do Trabalho rejeita cobrança de “cota negocial” firmada em norma coletiva para empregados não sindicalizados 20 de Outubro 2020, às 15h
» Justa causa por desídia só é ilegal se demissão ocorreu por ato já punido 20 de Outubro 2020, às 15h

Ver mais »